terça-feira, 21 de agosto de 2018

GIBITECA ÂMAGO Parte 05: MORE FUN COMICS (Setembro de 1937) PEP MORGAN

A segmentação do público para os quadrinhos sempre foi um fator vital para o sucesso e longevidade de uma publicação. Claro, o autor não escreve para si mesmo, mas para os leitores. E esse "diálogo" tem que ser muito claro na mente não só de quem escreve/desenha, mas também de quem edita.

As revistas da Era de Ouro, no entanto, traziam uma explosiva gama de direcionamento para os mais variados públicos. E isso em uma só revista. Havia aventura, piadas, suspense policial, terror (leve), infantil, humor... Com certeza, ALGUÉM iria comprar a revista não por ela como um todo, mas por uma ou outra história que ganhariam a simpatia do leitor, além da chance de apresentar novos estilos que ele nem sabia ser tão legais.

A série de histórias curtas de Pep Morgan, criadas por Creig Flessel (que trabalharia com o Sandman original e o Cavaleiro Andante), trazia uma segmentação bem peculiar. Claramente, suas histórias eram voltadas para o público que estava no ensino médio, mas, ao contrário de fazer seus leitores sonharem em serem heróis, era um incentivo para algo mais crível, mais possível dentro de seu dia a dia: destacarem-se como atletas e esportistas em sua turma. Isso, com certeza, lhes trariam prestígio em um âmbito muito mais amplo do que se imaginava.

A premissa simples e direta ao ponto era tão certeira que bastava apenas duas páginas para contar as desventuras de Pep. Não tinham muito segredo: era um jovem que se destacava em seu colégio não como atleta de um esporte, mas de várias modalidades. E o desafio era tão somente... ganhar. Claro que pra tornar tudo um pouco mais interessante, vez ou outra o personagem encontrava "vilões" que teimavam em atrapalhar sua prática. Algumas vezes, Pep tinha que recorrer aos punhos para chegar à reta final.

Existiam situações que saiam um pouco dessa fórmula simples. Como na edição 24 da More Fun Comics, onde o herói é abordado por valentões no meio de uma estrada onde está correndo e jogado por um barranco. Não se deixando abalar, Pep simplesmente toma um atalho para voltar à corrida. Consegue, mas não cai no clichê de ser totalmente invencível e recuperar sua posição. Consegue chegar em segundo lugar, tendo como consolação o fato de que essa posição é suficiente para classificar sua equipe.

Pep Morgan ensinava não apenas aos alunos do ensino médio a serem mais atléticos ou vencedores imbatíveis, mas também todos os bons princípios de um digno competidor... inclusive que é mais importante competir do que sempre vencer.

MORE FUN COMICS 24

Publicada pela DC Comics
Setembro de 1937
* "Pep Morgan and the Cross Country Race"
ROTEIRO e ARTE: Creig Flessel
HISTÓRIA CONTÉM: 02 páginas
EDITOR ORIGINAL: Malcolm Wheeler-Nicholson

No Brasil, foi publicada em:
ALMANAQUE DE O LOBINHO 01
Publicada pelo Grande Consórcio Suplemento Nacionais
Dezembro de 1942
* "Pep Morgan nas Corridas Universitárias"
(essa edição ainda trazia histórias de Mickey, Pateta, Mutt e Jeff, a série História dos Heróis de Verdade, Joel Ciclone, Slam Bradley, Batman e Robin, Red Logan, Chicote, Vingador Escarlate, Rádio-Patrulha, Gavião Negro, Speed Saunders, Zatara, Steve Malone, Cesar Roberto, Cliff Crosby, Superman, Três Azes, Americomando, Johnny Trovoada, Sandman, Clip Carson, O Caçador e Capitão Corajoso. Sim, era uma edição especial e bem gordinha: 300 páginas)

Nenhum comentário: