terça-feira, 2 de setembro de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 749

 - Captain America n° 9 (Maio de 2012)

* "Powerless - Part 4", história escrita por Ed Brubaker, desenhada por Alan Davis, artefinalizada por Mark Farmer, colorizada por Laura Martin, editada originalmente por Tom Brevoort

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Capitão América & Os Vingadores Secretos n° 20 ("Incapacitado - Parte 4"), letreirizada por Gisele Tavares, traduzida por Jotapê Martins e editado por Paulo França

Steve não se sente muito a vontade diante do entusiasmo de Tony Stark. Mas a verdade é que Stark está surpreso em ver a transformação de Steve em um corpo mais franzino. Uma coisa é ouvir falar sobre isso... outra coisa é testemunhar. Steve, no entanto, está apenas interessado em saber se Stark irá conseguir reverter seu estado... assim que descobrir o que está causando isso. Falcão sente certa falta de otimismo em Stark. Steve pergunta sobre um recente ataque a Balsa. Quinze agentes da Hidra foram capturados. Mas Bravo escapou na confusão. Steve gostaria de estar perseguindo seu rival. Mas Stark o lembra de que ele não está em condições e ainda precisa passar por testes. Falcão concorda e lembra que a prioridade é investigar sobre onde o Esquadrão Serpente conseguiu as Bombas enlouquecedoras. Steve pede que o Falcão leve Sharon para ajudá-lo. Porém, o Falcão não consegue localizá-la. É como se ela tivesse sumido do mapa.

Mais tarde, no ginásio, enquanto o franzino Steve Rogers treina, ele ouve sobre os tumultos dessa semana. O prefeito J. Jonah Jameson está atribuindo a culpa aos super-heróis da cidade. Há quem considere os tumultos uma resposta básica, uma manifestação, ainda que violenta, contra as dificuldades econômicas. Stark se lembra de uma época em que havia boas notícias na TV. Steve já nem se lembra mais disso. Inclusive, se indaga o porquê de nunca ter percebido isso antes. Talvez ele seja tão ruim quanto todo mundo... e tem visto as coisas ficarem ainda piores... acabando por aceitá-las como se tivesse de ser assim. Stark o lembra de que ele não é assim e que esteve travando um combate atrás do outro. Tony sabe muito bem como é perder a fé... e sabe que Steve não chegou a esse ponto. Uma prova disso é que está furioso pelos últimos acontecimentos. Ele ainda não desistiu.

Ao amanhecer, Stark já conseguiu isolar algumas anomalias, apesar de preferir discutir o caso com Hank McCoy antes de tentarem qualquer coisa. Sharon chega repentinamente... parece ter saído de uma luta. Mas ela sorri e diz ter a resposta para o problema, conseguindo-a fazendo algo que precisava ser feito... e que sabe como dar um jeito no estado de Steve.

Nenhum comentário: