terça-feira, 19 de agosto de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 735

Arte de capa por Steve McNiven

Arte de capa alternativa por Giuseppe Camuncoli
 - Fear Itself n° 3 (Julho de 2011)

* "The Hammer That Fell On Yancy Street", história escrita por Matt Fraction, desenhada por Stuart Immonen, artefinalizada por Wade Von Grawbadger, colorizada por Laura Martin e Larry Molinar, editada originalmente por Tom Brevoort

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista A Essência do Medo n° 3 ("O Martelo que caiu na Rua Yancy"), letreirizada por Gisele Tavares, traduzida e editado por Paulo França

Em Washington, o Capitão América avança contra a vilã que utiliza uma armadura que mais parece um tanque. Ao que tudo indica, parece ser Pecado, a filha do Caveira Vermelha. A ordem, no entanto, para Viúva Negra, Falcão e Shang Chi, que o acompanham, é salvar as pessoas primeiro. Pecado finalmente sai de sua armadura e ataca o herói. No entanto, a vilã agora é bem diferente da garota que o Capitão conheceu antes (apesar de, ainda assim, ter a psicopatia característica). Além de estar acompanhada por outros em armaduras semelhantes, e que estão massacrando a população, ela ainda está em poder de um misterioso e poderoso martelo.

Em outro local, Steve tem pontos de interrogação demais. Eles não sabem quem os está atacando de forma tão coordenada. Não sabem o que significam os martelos que caíram do céu (e Thor foi levado por Odin). A verdade é que estão agindo como tolos enquanto atacam sua capital. Mas Steve sabe... tem certeza... de que ele não é apenas um símbolo da defesa do país. Ele, na verdade, é um soldado. E está saltando da nave para salvar a capital.

Apesar de estar ferido, Capitão América não quer seguir os conselhos de Viúva Negra e Falcão para recuarem. Afinal, pode não haver um amanhã. Em um primeiro contra-ataque, seu escudo consegue derrubar Skadi (o nome que Pecado adotou), a primeira avatar do deus-serpente. Furiosa, ela recupera seu martelo, arranca o braço mecânico do Capitão e o atira por sobre edifícios. Não satisfeita, ela crava o cabo de seu martelo no peito do herói. Mortalmente ferido, quando encontrado pelos demais heróis, ele apenas balbucia que Thor deve ser contatado. O deus-serpente está chegando.

Continua...

Nenhum comentário: