domingo, 17 de agosto de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 733

Arte de capa por Steve McNiven

Arte de capa alternativa por Stuart Immonen

Arte de capa alternativa por Paolo Rivera

Arte de capa alternativa por Stuart Immonen

Arte de capa alternativa por Stuart Immonen

Arte de capa alternativa por Stuart Immonen
 - Fear Itself n° 1 (Junho de 2011)

* "The Serpent", história escrita por Matt Fraction, desenhada por Stuart Immonen, artefinalizada por Wade Von Grawbadger, colorizada por Laura Martin, editada originalmente por Tom Brevoort

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista A Essência do Medo n° 1 ("A Serpente"), letreirizada por Gisele Tavares, traduzida e editado por Paulo França

Steve e Sharon estão em meio a uma situação peculiar. Em um canteiro de obras, auxiliam a polícia a conter manifestantes que protestam contra a construção de um novo edifício. Steve sabe muito bem que, apesar de ruidosos, todos ali têm direitos que devem ser respeitados. Direito de se reunirem pacificamente... ainda que não em silêncio. A situação vai saindo do controle... até que os manifestantes avançam. Ao se distrair para afastar uma repórter... Steve é atingido por uma tijolada. Ele se recupera rápido. Mas não tem ideia de como irá deter a confusão que acontece em volta deles.

Mais tarde, na Torre dos Vingadores, os heróis tentam localizar algum sinal de manipulação de alguma vilão... mas nada encontram. O protesto era legítimo.

Homem de Ferro, juntamente com os Vingadores, reúne-se com a população de Broxton, próximo aonde Asgard tombou (durante o cerco planejado por Norman Osborn). A intenção é dar emprego para aqueles que pretendem levantar a cidade dourada.

Posteriormente, os heróis se reúnem nas ruínas de Asgard, onde lhes é oferecido um banquete. Heimdall parece atormentado com algo que se aproxima. Já Odin, que parece estar incomodado com a ajuda dos "mortais" ordena que os asgardianos devam partir. Thor tenta dialogar com ele, mas é esbofeteado na frente de todos. Cansado do mau humor do próprio pai, Thor o ataca. Mas Odin ordena que seu martelo, Mjolnir, caia... e o deus do trovão vê sua arma no chão, sem poder levantá-la. Odin dá, Odin toma. Thor ainda tenta reagir... mas é humilhado pelo pai. Steve tenta ajudá-lo, mas Fandral o detém. Este é um assunto de família. Odin ordena que sigam para árvore da vida... todos os asgardianos... e sigam para a nova Asgard... longe da Terra. Ordena ainda que tragam seu filho rebelde.

Logo, todos se vão. Os deuses abandonaram a Terra. O planeta agora está por conta própria.

Continua...

2 comentários:

Anônimo disse...

Odin é um PÉSSIMO pai mesmo.
Tá na hora do Thor se mudar.

Lisbeth

Marcos Dark disse...

Ah, mas não muda...
E isso tem... o que? Milênios de briga de família?
Muda nada...