segunda-feira, 21 de julho de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 719

- Captain America n° 618 (Julho de 2011)

* "Gulag - Part 3 - Supersoldado", história escrita por Ed Brubaker, desenhada por Chris Samnee, colorizada por Bettie Breitweiser, editada originalmente por Tom Brevoort

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Capitão América e os Vingadores Secrets n° 14 ("Gulag - Parte 3 - Supersoldado"), letreirizada por Gisele Tavares, traduzida por Jotapê Martins, editada por Paulo França

Steve Rogers ainda não se conforma com as decisões de Gyrich. Mesmo assim, o agente nega ter feito algo errado. Rogers o lembra de que acaba de ser salvo de um russo de armadura que queria matá-lo. Se não contar o que está, de fato, acontecendo, ele não estará lá para livrá-lo da próxima vez. Gyrich então conta que um diplomata russo o procurou e lhe entregou documentos que provavam que o Soldado Invernal já havia agido nos anos 70 e 80 em solo americano. Rogers se enfurece e repete que Bucky estava sob controle mental. Gyrich desdenha e dúvida que estivesse.

No final, Rogers se sente culpado. Tudo isso começou, afinal, porque ele falhou na Segunda Guerra... e perdeu Bucky. Agora seu amigo está prestes a ser morto em um gulag russo.

Em seguida ele se encontra com Nick Fury, que acaba de encontrar o mesmo diplomata que procurou Gyrich... e acaba de ser assassinado. Na mesma sala, há um senhor que, ao que tudo indica, foi o autor do tiro que matou o diplomata, após receber uma ligação... e depois se matou, misturando cianeto em sua vodka. O mais bizarro é que esse senhor foi identificado como um antigo espião russo que estava escondido nos Estados Unidos.

O emaranhado de conspiração apenas aumenta.

Continua...

Nenhum comentário: