segunda-feira, 14 de julho de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 712

Arte de capa por Travis Charest

Arte de capa alternativa por Steve Epting
 - Captain America n° 616 (Maio de 2011)

* "Gulag - Part 1", história escrita por Ed Brubaker, desenhada por Mike Deodato, colorizada por Rain Beredo, editada originalmente por Tom Brevoort

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Capitão América e os Vingadores Secrets n° 12 ("Gulag"), letreirizada por Gisele Tavares, traduzida por Jotapê Martins, editada por Paulo França

Steve informa Bucky que, infelizmente, não há nada que eles possam fazer em relação a sua extradição para a Rússia. Nada legal, ao menos. A única garantia é que ele será tratado humanamente. Seu julgamento, na verdade, ocorreu anos atrás. Os crimes tem relação com cidadãos russos, mortos pelo Soldado Invernal nos anos 80. Sequer ele tem memória sobre isso.  Steve lhe garante que irá consertar essa situação. Bucky sabe que seu parceiro realmente irá lutar por isso. Mas uma parte dele já desistiu de tudo.

Chegando à penitenciária, o diretor informa estar ciente do acordo feito com os Estados Unidos para a transferência de custódia. Os Vingadores mandarão um enviado para checar regularmente o tratamento que Bucky está recebendo. No entanto, se ao menos tentar fugir, o acordo com Bucky será invalidado. Além do que, se isso acontecesse, Bucky seria tanto um fugitivo da Rússia quanto dos Estados Unidos. Um tanto incomodado com a situação, o diretor reforça que ali Bucky não é mais especial que ninguém.

Bucky percebe que não irá fugir daquele gulag. Será como os outros velhos soldados ali presos. Cansados. Vazios. Ele só não gostaria que aquilo se tornasse sua "vida normal". Os demais detentos o deixam sozinho. Com olhares de medo ou ódio. Ou os dois. Mas essa "paz" não dura por muito tempo. Logo ele é incomodado por um preso que parece conhecê-lo bem. Seguido por dois capangas, o "amigo" de Bucky mostra pouca simpatia por ele. Apesar de ser agredido, é melhor não reagir, pois os guardas estão observando. 

Apesar de ter apanhado, é dito ao diretor que Bucky esteve brigando. Ele é alertado sobre esse comportamento e sobre o castigo da solitária. Lugar ruim para receber a visita do Homem de Ferro ou mesmo da Miss Marvel. O diretor reaviva a memória de Bucky para quem é o homem que mandou agredi-lo. Yuri Petrovich, também conhecido como... Dínamo Escarlate. Na verdade, foi o quarto homem a vestir a armadura do Dínamo. Era para ser o agente de armadura perfeito. Mas acabou enlouquecendo e se voltando contra o governo. Na época, o Soldado Invernal foi contratado para impedi-lo. Ao capturá-lo, condenou Yuri a uma prisão perpétua.

Já sabendo de quem se trata seu "amigo", Bucky não se surpreende quando recebe a visita de guardas no meio da noite... e o levam até Yuri. O vilão demonstra saber sobre o acordo... sobre os amigos superpoderosos de Bucky. O próprio diretor lhe alertou sobre isso. Alertou também sobre o fato de Bucky poder morrer ali, em uma luta com outro prisioneiro. É então que ele é levado para o que os prisioneiros chamam de "arena".

Este é o ciclo pelo qual a vida de Bucky sempre passa. As coisas melhoram e ficam estáveis. Quando parece que tudo está bem... algo acontece e o que era pior volta a se tornar sua "vida normal". Ele pensa sobre isso enquanto enfrenta o enorme ex-agente soviético conhecido como Ursa Maior.

Continua...

Um comentário:

Anônimo disse...

O Steve não tá se esforçando o suficiente......só acho.


Lisbeth