segunda-feira, 23 de junho de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 698

Arte de capa por Marko Djurdjevic

Capa alternativa por Mike Perkins
 - Captain America n° 609 (Outubro de 2010)

* "No Escape, Part 4", história escrita por Ed Brubaker, desenhada por Butch Guice, artefinalizada por Andrew Hennessy e Rick Magyar, colorizada por Paul Mounts, editada originalmente por Tom Brevoort

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, em Capitão América e os Vingadores Secretos n° 4 ("Sem Saída - Parte 4"), letreirizada por Gisele Tavares, traduzida por Jotapê Martins, editada por Paulo França

Bucky faz as malas para se esconder em um lugar previamente escolhido pela Viúva Negra. Antes de terminar, no entanto, vê um recado de Zemo em seu próprio banheiro, onde o vilão o desafia para uma batalha final no local onde ele nasceu. Ele sabe que Zemo se refere ao lugar onde o herói "Bucky" nasceu: o Forte Lehigh. Vestindo seu uniforme (e sabendo que estará contrariando Natasha) para o encontro com Zemo.

Zemo, de fato, está em Forte Lehigh, mas diz que só foi ao local por prever que Bucky o interpretaria de forma errônea. As roupas de Zemo formam uma espécie de exoesqueleto que o protegem de golpes e permitem que ele dispare raios de energia. Em dado momento, Bucky pensa tê-lo nocauteado, mas a máscara de Zemo também é feita do mesmo material que lhe protege o corpo. Essa distração possibilita que o vilão coloque um dispositivo capaz de desligar o braço biônico de Bucky. Em seguida, um raio de energia deixa o herói inconsciente.

Ao acordar, Bucky se vê preso e dentro de um avião. É então que Zemo revela que o local de nascimento a que se referia, na verdade, é a ilha no Canal da Mancha onde seu pai teria causado a morte do herói. O local onde Bucky deveria ter morrido.

Após a identidade de Bucky ter sido revelada publicamente, Falcão e Steve Rogers procuram por ele antes que cometa alguma besteira. Lá chegando, se encontram com a Viúva Negra... mas Bucky não está no local. Vendo a mensagem de Zemo, também concluem que o local do encontro seja Forte Lehigh. Falcão, através de seu contato com os pássaros, toma ciência de que há um atirador no telhado. Isso lhes dá tempo de escapar da explosão que acontece em seguida. O herói alado segue em direção ao atirador e descobre que ele é Hauptmann Mão de Ferro. O vilão chuta as costelas do herói, que ainda estão feridas, mas é atingido em seguida pela Viúva Negra. Steve chega em seguida. Na tentativa de fazer Hauptmann falar, Steve esmaga sua "mão de ferro". Porém, para sua surpresa e ao contrário do que imaginavam... não se trata de uma mão robótica. É, na verdade, uma luva de ferro que a envolve. O vilão grita de dor pela mão quebrada. Hauptmann não sabe detalhes sobre os planos de Zemo, sabe apenas que o vilão partiu levando Bucky.

Continua...

ENQUANTO ISSO:

* A revista Entertainment Weekly estampava, em sua capa, a primeira foto oficial de Chris Evans vestido com o uniforme do Capitão América.

* A SEGA anunciava a produção do game Captain America: Super Soldier, para ser lançado no rastro do filme do herói.

GALERIA:
* Versão do Capitão América criada por Daniel-Heard

SEM FILA:
Cena de filmagens do filme "Capitão América, o Primeiro Vingador" onde Peggy Carter é surpreendida por uma explosão : 

ÂMAGO CLASSIC:
* ( O Diário de Steve Rogers - Parte 169 ) Helmut Zemo (filho de Heinrich Zemo), surgiu nos quadrinhos em 1973, quando ainda utilizava o nome de Fênix. Era um típico vilão genérico (com uma arma de raios genérica) que surpreendeu por ser filho do Barão Zemo original. Sua história se tornaria mais dramática com o final de sua primeira história, quando caía em um tonel de adesivo efervescente, tendo o rosto deformado e originando o uso da máscara pelo qual ficaria conhecido e com a qual seu próprio pai ostentou durante a Segunda Guerra.

ÂmagoNews:

2 comentários:

Anônimo disse...

Tadinho do Bucky, por que ninguém deixa ele ser feliz.

A imagem do Cap pelo Daniel Heard é uma gracinha, amei o uniforme, ficou foda!!! E pra cosplay também ficaria super legal.


beijos
J.

Marcos Dark disse...

Parceirinho é assim mesmo. Vive levando cascudo.
A versão do Heard é bacana e veja que ele pensou com carinho nos detalhes.