quinta-feira, 24 de abril de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 649

 - Punisher War Journal n° 9 (Setembro de 2007)

* "Duel", história escrita por Matt Fraction, desenhada por Ariel Olivetti, editada originalmente por Axel Alonso

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Marvel Action n° 18 ("Pôr do Sol"), letreirizada por Gisele Emann Tavares, traduzido por Caio Lopes e editada por Paulo França

Antes.

Apesar de se encontrarem no deserto, o grupo do Monge do Ódio prefere levar o novo recruta, Frank, com um capuz que lhe tira a visão do local para onde está sendo levado. Lá chegando, ele vê uma pequena mansão onde o grupo se esconde. Externamente, a instalação não impressiona Castle. Porém, ao entrar nela, vê uma gigantesca operação com muitas armas, homens e logística suficiente para executarem uma limpeza étnica a nível militar.

Frank é recebido pelo próprio Monge do Ódio, que reconhece dele o ódio crescente que, na verdade, acredita ser o verdadeiro patriotismo. O vilão diz que "roubou" a ideia do uniforme do Capitão América como uma forma de realmente tomar a verdadeira América, a América dos brancos, para suas tropas. A ideia é espalhar o mesmo ódio pelo país através de geradores de raios H.

Como iniciação, o vilão leva Frank até uma mini arena onde um prisioneiro espera para ser executado. Frank sente o ódio pulsar dentro dele. Esse sentimento só sofre uma pequena interferência quando tiram o capuz do prisioneiro que revela ser... Tatiana! A fotógrafa foi capturada no deserto. Stuart, seu namorado, conseguiu fugir. Frank é incitado a descontar seu ódio nela. Ele resiste ao máximo... mas cede a raiva e golpeia a garota.

Ao anoitecer, Frank segue com a Força Nacional para mais um assentamento que está sendo massacrado. No caminho, o motorista do veículo que o leva tem curiosidade de saber o que ele carrega na mochila. Afinal, pra que armas se o exército do Monge já as fornece? No entanto, o criminoso descobre mais do que queria... um uniforme negro com uma caveira estampada. O Justiceiro! Frank segura a cabeça do motorista para fora da janela do veículo... até que ela se choque contra um cacto na beira da estrada. 

Tomando o veículo para si e vestindo o uniforme que criou, o Justiceiro chega ao assentamento quando este já está sendo dizimado. Ele atira nos homens da Força Nacional, mas eles estão em maior número e logo o dominam. O Monge do Ódio está muito decepcionado. Tinha grandes planos para Frank. Mas, agora, o Justiceiro está preso pela Força Nacional.

Agora.

Os integrantes da Força Nacional, prestes a executarem Frank Castle, são surpreendidos não apenas por um, mas DOIS atiradores escondidos na escuridão, que começam a acertá-lo. Enfurecido, o Monge do Ódio ameaça matar Castle caso os seus supostos comparsas não se mostrem imediatamente.

O atirador revela ser o G.W. Bridge, ex-agente da SHIELD responsável por prender Frank Castle. Tarefa que o levou até a Força Nacional... e ele fará o necessário para que essa prisão se cumpra.

Continua...

ÂmagoNews:

* Falando sobre o futuro sobre aquela que é mais que um grupo... Na verdade, é uma Legião: O Futuro ao Superboy pertence

Nenhum comentário: