sábado, 5 de abril de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 630

 - Captain America n° 31 (Dezembro de 2007)

* "The Death of the Dream: Act 2, the Burden of Dreams: Part One", história escrita por Ed Brubaker, desenhada por Steve Epting

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Os Novos Vingadores n° 57 e ("O Fardo dos Sonhos - Parte 1")

Sharon Carter cede ao comando hipnótico do Doutor Faustus e se junta ao Caveira Vermelha.

Na tentativa de fazer uma lavagem cerebral em Bucky, colocando-o a serviço do Caveira Vermelha, o Doutor Fausto induz o herói a ter alucinações onde ele se surpreende com o Capitão América revelar ser um traidor em plena Segunda Guerra, matando soldados americanos em nome de Hitler. Também lhe mostra o quanto Bucky é dispensável, uma vez que era o único sem superpoderes quando integrante dos Invasores. Além disso, uma versão de sua "morte" na Segunda Guerra mostra o Capitão ordenando-o que permanecesse na bomba voadora de Zemo para desarmá-la, que agisse com coragem e sacrifício como o soldado que era.

Diante das lembranças manipuladas e sobre forte influência de pesados medicamentos, o Soldado Invernal diz saber que seu mestre é Aleksander Lukin e que ele está pronto para servi-lo. Faustus o liberta, mas faz um último teste para saber se ele realmente está condicionado: pede para atirar na enfermeira que lhe administrou os medicamentos. E a enfermeira é ninguém menos que... Sharon Carter. Hipnotizado, o herói dispara.

Falcão acorda na enfermaria da SHIELD, onde estão Tony Stark e a Viúva Negra. Eles lhe contam que Sharon Carter é a autora do disparo que matou o Capitão América e que, assim como alguns agentes da SHIELD que desapareceram, ela pode estar sendo controlada de forma hipnótica. Isso se deve ao ponto em comum entre ele ser o psiquiatra que os atendia e que, na verdade, descobriram ser um impostor trabalhando para o Caveira Vermelha. O provável suspeito é o vilão conhecido como Doutor Faustus.

O Caveira Vermelha reúne um exército formado por homens da Kronas e, apresentando-se como general escolhido pelo próprio Aleksander Lukin, irá liderá-los para o que chama de "epitáfio da América sobre seu próprio sangue".

Continua:

ÂmagoNews:
* Falando sobre a criatividade sem fim nem limites que era comum aos quadrinhos da Era de Prata: Pequenas Formigas, Grandes Negócios

Nenhum comentário: