quarta-feira, 12 de março de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 614



 - Civil War n° 3 (Setembro de 2006)

* "Civil War, Parte Three", história escrita por Mark Millar, desenhada por Steve McNiven, artefinalizada por Dexter Vines e Mark Morales

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Guerra Civil n° 3 ("Guerra Civil - Parte 3") e no livro Marvel Deluxe: Guerra Civil

Os "Vingadores Secretos", como é chamado o grupo de heróis liderados pelo Capitão América que são contra a lei de registro, continuam atuando. Entre outros feitos, eles detêm o novo Sexteto Sinistro. Graças a Nick Fury, os heróis agora se escondem sob novas identidades secretas. Steve Rogers agora é Brett Hendrick, supervisor da segurança de um Shopping no Queens. Isso é necessário para terem um lugar para onde ir quando não estiverem agindo como heróis.

Existem pequenos detalhes que incomodam ainda mais o Capitão América. A Fundação Faça Um Desejo realiza o sonho de algumas crianças e o Capitão havia prometido jogar beisebol no quintal de uma delas. O problema é que, se aparecer, vários agentes federais estarão presentes para prendê-lo. Essas são as pequenas coisas que o governo roubou deles. Pequenas coisas que os tornam quem são.

Golias Negro, que acompanha o herói, igualmente disfarçado, junto ao Demolidor e Hércules, identifica uma chamada de emergência. Incêndio em uma instalação petroquímica próxima ao rio Hudson. Aproximadamente trezentas ou quatrocentas pessoas presas lá dentro e estão mandando Manto e Adaga para teleportá-los. Os quatro se esgueiram por becos para trocar de uniforme e seguir para o local.

O grupo de heróis chega até a instalação, mas Cable não localiza nenhum sinal de pânico. Ele pisa em uma placa caída no local, que está em chamas, e percebe que é uma armadilha. A instalação pertence a uma divisão das Indústrias Stark. Após acertarem os vingadores secretos com dardos, Homem de Ferro aparece com seu grupo formado por heróis que já se registraram. Aqueles que foram atingidos pelos dardos tranquilizantes (Manto e Wiccano) estão gelados e agora não podem teleportar o grupo de volta.

O Homem de Ferro não tenciona prender o grupo. Convenceu a SHIELD a fornecer uma espécie de anistia aos heróis não registrados, para que tenham tempo de mudar de ideia. Para o Capitão América, isso é o mesmo que rendição. O Homem-Aranha lembra que os únicos que lucram quando heróis brigam são os vilões. O Capitão lembra que são os mesmos vilões que agora sabem o endereço de Mary Jane, agora que o Aranha revelou sua identidade em rede nacional. Homem de Ferro pede apenas cinco minutos para explicar melhor sobre seus planos com a lei de registro. Capitão América olha para sua mão estendida e para as naves da SHIELD sobre o local... e decide apertar a mão do Homem de Ferro, dando-lhe seus cinco minutos. Porém, quando o Homem de Ferro olha para sua mão... há um dispositivo preso nela. Um embaralhador eletrônico desenvolvido pela equipe de tecnologia de Nick Fury, criado para o caso do Homem de Ferro enlouquecer. A confusão está armada e os dois grupos se enfrentam.

O Homem-Aranha, agora com uma nova roupa desenvolvida por Stark, consegue capturar o escudo do Capitão América em pleno ar e redirecioná-lo para os vingadores secretos. Logo em seguida, utilizado o modo de camuflagem dessa nova roupa, ele parece desaparecer... para aparecer novamente e golpear o Capitão com seu próprio escudo. O Homem de Ferro se recupera do dispositivo que deu pane em sua armadura e ataca o Capitão. Stark gravou cada movimento de luta do seu ex-colega e a armadura não só antevê como o golpeia da mesma forma.

De repente, um raio atinge a todos e um poderoso herói chega em meio a batalha. Thor está de volta.

Continua...

ÂmagoNews:

* Falando sobre vilões temáticos: Tubarão!




Nenhum comentário: