segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 596

 - Captain America 8 (Setembro de 2005)

* "The Winter Soldier - Part 1", história escrita por Ed Brubaker, desenhada por Steve Epting e Mike Perkins

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Os Poderosos Vingadores n° 33 ("O Soldado Invernal - Parte 1"); no especial Marvel Deluxe: Capitão América n° 1; e pela editora Salvat, no fascículo n° 45 da Coleção Graphic Novels Marvel

Em 1945, um submarino russo recebe a transmissão de que o herói americano Capitão América e seu parceiro, Bucky, estavam em um protótipo de aeronave que explodiu sobre o Canal da Mancha. Karpov, que conheceu o herói, está feliz por estar próximo ao local da explosão, apesar dos oficiais alertarem pelo fato de não ter autorização para navegar naquela região. O submarino, no entanto, encontra um corpo entre as águas geladas e o trazem para dentro. É o corpo de um jovem, que parece ter perdido um braço antes de cair nas águas. Karpov sabe que aquele não é o Capitão América.

Presente. O Capitão América está ocupado tentando resgatar o máximo de sobreviventes perto da explosão que ocorreu na Filadélfia. Através de uma informação de Sharon, o herói descobre que agentes da IMA também estão no local. Capitão América os enfrenta, uma vez que estão eliminando as testemunhas do atentado. Um dos criminosos cita que estão enviando o Esquadrão Modoc. Ao contrário do que o Capitão imagina (pois Modoc foi um monstro que já foi líder da IMA), o esquadrão é formado por operativos e o nome é a sigla para Militantes Operacionais Destinados à Ofensiva e Combate. De fato, muitos deles chegam ao local.

Os modocs parecem agir em coletividade e analisam cada golpe do Capitão, aumentando a velocidade de seu ataque em vinte por cento. Ele consegue derrubá-los, mas é ferido durante a luta. O último modoc está para eliminá-lo... quando é morto por um agente estranho entre as sombras. O Capitão América reconhece seu rosto e diz seu nome: Bucky. Mas o agente desconhece quem é Bucky. Uma parede desmorona entre os dois e os separa.

No aeroporta-aviões da SHIELD, Nick Fury mostra insistentemente imagens para Steve Rogers e quer que ele preste atenção nas marcações feitas nela. Steve, no entanto (e contrariando Sharon Carter), parece relutar em aceitar a verdade. Ele não quer aceitar que Bucky está vivo, está trabalhando para o inimigo e foi responsável pelo que aconteceu na Filadélfia, na noite passada.

As fotos foram tiradas de vários locais e períodos, entre 1955 e 1976, coincidentemente nos mesmos locais e dias onde importantes oficiais, de diversos países foram assassinados. Não foi fácil localizar o mesmo rosto em fotos tiradas quando nem mesmo havia tecnologia que permitisse isso na época. Ainda assim, muitas delas apresentam a evidência de um rosto em comum. O mais estranho é que o suposto assassino praticamente não envelheceu entre elas. Fury acredita que se trata do mito conhecido como Soldado Invernal, um supersoldado da KGB, capaz de se infiltrar e executar missões quase impossíveis. O retardamento de seu envelhecimento acontece, pois ele é "hibernado" após cada missão, sendo descongelado para executar uma nova. Como Fury disse, até então isso era um mito militar, mas que parece realmente existir.

Fury acredita que o Soldado Invernal possa ser o antigo parceiro do Capitão América, Bucky. Até mesmo Steve viu alguém muito parecido com ele na Filadélfia. O Capitão está confuso e furioso. Mas a missão principal agora é capturar Aleksander Lukin, suspeito de arquitetar o ataque terrorista e supostamente em poder de um Cubo Cósmico.

Continua...

2 comentários:

Anônimo disse...

Oiê!!!!
Não vejo a hora do Steve descobrir q é mesmo o Bucky e eles ficarem cara-a-cara pela primeira vez em ***DÉCADAS***. Ohhh o drama <3
(Tadinho do Cap)

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Tá perto!