sábado, 1 de fevereiro de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 574

 - Captain America n° 18 (Novembro de 2003)
* "Captain America Lives Again - Chapter Two", história escrita por Dave Gibbons, desenhada por Lee Weeks e artefinalizada por Tom Palmer

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Os Poderosos Vingadores n° 16 ("O Capitão América Está Vivo - Capítulo 2")

Após atravessar uma janela no alto do edifício Empire State, o Capitão América, que havia calculado sua queda, está prestes a pousar em um dirigível que sobrevoava as proximidades. O Caveira Vermelha ordena que atirem no dirigível. Diante da surpresa dos seus próprios soldados, que se detém antes que cumprir a ordem por saber que o dirigível está cheio de hidrogênio explosivo, o Caveira efetua ele mesmo os disparos, ignorando a população abaixo.

Em sua fuga, o Capitão América é surpreendido por um homem que utiliza uma espécie de exoesqueleto gigante. O homem reconhece o herói. Afinal, eles lutaram juntos na Normandia, em 1944. Seu nome Reed Richards e o Capitão se lembra muito bem dele. Finalmente, o herói encontra um rosto amigo. A noiva de Reed, Sue, avisa que tropas da SS já chegaram ao local e procuram pelo Capitão. Reed o ajuda a fugir e o orienta a seguir para a Rua Yancy. Lá fora, o Capitão consegue subir sorrateiramente em um caminhão no qual os soldados acabam revelando que está seguindo para a rua citada por Reed. Durante o percurso, há uma blitz onde homens de armadura (conhecidos como Homens de Ferro) identificam o herói. Eles o perseguem até o metrô, onde o Capitão consegue saltar em um dos vagões que começa a partir. Os homens de ferro o perseguem e avisam outras unidades, que o esperam na estação seguinte. Com o seu escudo, o Capitão consegue acertar a alavanca dos trilhos à frente e fazer com que o trem mude de direção e pare. A ação faz com que alguns homens de ferro, que não são tão rápidos, se choquem contra o túnel. O herói escapa por um bueiro que se encontra acima do vagão que utilizou para a fuga.

Entrando em um beco para escapar dos nazistas, Capitão América é surpreendido por um misterioso homem. Usando suas habilidades de combate, consegue dominá-lo. O homem se identifica como amigo de Reed, dos tempos em que lutaram na OSS. Seu nome é Ben Grimm, que descobre que haviam colocado um sinalizador para localizar o herói. Os homens de ferro os encontram, mas a dupla consegue revidar. Cercados em um beco, recebem a ajuda de um jovem que sai por uma tampa de bueiro. Seu nome é Johnny Storm e, como adora brincar com fogo, consegue atirar um cilindro com produto inflamável e atear fogo no mesmo, explodindo o beco.

Continua...
A+:

* Há diversos personagens do Universo Marvel tradicional espalhados por essa sombria realidade. Reed Richards, Sue Storm, Ben Grimm e Johnny Storm são os integrantes do que seria o Quarteto Fantástico (respectivamente Senhor Fantástico, Mulher Invisível, Coisa e Tocha Humana); Grimm, inclusive, ao atacar, grita o seu famoso jargão "Tá na hora do pau" e Johnny tem certa afeição em lançar bombas incendiárias. A tropa dos Homens de Ferro é formada por armaduras com o visual da primeira armadura utilizada pelo herói Marvel de mesmo nome. A Rua Yancy, para onde é indicado que o Capitão América fuja, é uma rua fictícia onde Ben Grimm viveu e, no universo Marvel, é ocupada por gangues que vivem pregando peças no gigantesco Coisa. Outras referências mostram Tony Stark (o Homem de Ferro), cujas indústrias apoiam o Reich; o cientista Von Doom, referindo-se ao arqui-inimigo de Reed Richards, Doutor Destino; e o Barão Von Strucker, vilão que aqui é utilizado como oficial que testa uma máquina do tempo criada por Von Doom. 

* A OSS, grupo no qual Reed Richards trabalhou com o Capitão América na Segunda Guerra, sigla de Office of Strategic Services (Agência de Serviços Estratégicos) foi um serviço de inteligência criado pelos Estados Unidos para atuar durante a Segunda Guerra Mundial. De certa forma, é uma espécie de precursora do que seria a CIA uma vez que, depois de sua dissolução, a organização assumiu suas atividades. A OSS é citada em filmes como Indiana Jones e a Caveira de Cristal, Bastardos Inglórios e também é a organização principal do filme Pequenos Espiões.

Âmago EXTRA:

* Amanhã, 02 de fevereiro de 2014, serão publicadas duas partes do Diário de Steve Rogers. A primeira às 18:00 e a segunda no costumeiro horário das 21:00.

Nenhum comentário: