domingo, 26 de janeiro de 2014

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 568

 - Captain America n° 12 (Junho de 2003)
* "Ice - Part 1", escrita por John Ney Rieber eChuck Austen, desenhada por Jae Lee

Publicada no Brasil, pela Editora Panini, na revista Os Poderosos Vingadores n° 7 ("Gelo - Parte 1")

Brooklyn, Nova York. Steve Rogers ensina um garoto do bairro a recolher a bandeira americana. A bandeira que representa todo o país, motivo para sentir orgulho. Mas Steve sabe que é difícil explicar um conceito, um ideal. Por enquanto, ele pede apenas que o garoto respeite a bandeira.

"Como se explica um conceito? Um ideal em que acredito... mesmo quando os guardiões desse ideal... eleitos ou não... se escondem atrás dele... pra fazer coisas hediondas? Até onde eles iriam? Roubariam a vida de alguém? Suas memórias? Só porque a pessoa é idealista demais?"

Uma encomenda chega à porta de Steve Rogers. Uma caixa enviada pelo exército.

No reino submarino da Lemúria, o pai de Hana explica que trabalhou em uma expedição científica no Ártico, onde estava prestes a roubar as mais recentes descobertas... quando foram impedidos pelo príncipe Namor. Antes que o monarca da Atlântida pudesse atacá-los, os cientistas se apressam em retirar a mão do que parece ser um corpo alienígena. Próximo ao local, Namor encontra um bloco de gelo que contém alguém que ele conhece. Um antigo amigo: o Capitão América. Furioso, Namor despedaça o bloco. O príncipe submarino volta suas atenções para atacar a equipe de exploradores. Durante a batalha... o corpo do Capitão América revive.

O cientista segura a mão alienígena quando Namor está preste a atacá-lo. Esse ataque é impedido por um monossilábico Capitão América, que tenta grunhir algo... que depois é definido como... Bucky. O herói procura por seu parceiro. Namor informa que Bucky está morto e, retirando o escudo do herói, decepa a mão do cientista. O Capitão América enfrenta Namor, enquanto a mão alienígena se funde ao antebraço do cientista, que ativa a sequência de autodestruição da base... e foge. O que o outrora cientista se lembra é que o Capitão América seria encontrado minutos depois pelos Vingadores... e ele seguiria para Lemúria, onde se tornaria membro da raça inimiga da Atlântida.

Enquanto isso, o Capitão América assiste, estarrecido, a um filme onde é mostrado um bloco de gelo mantido pelo governo. O bloco de gelo onde ele esteve congelado por muitos anos.

Continua...
A+:

* Tendo a Panini saltado várias histórias do Capitão América na fase escrita e desenhada por Dan Jurgens, as histórias do personagem acabaram ficando com uma grande diferença cronológica em relação aos demais personagens da Marvel. Isso foi ajustado parcialmente entre o grande hiato (quase um ano) sem as histórias do personagem (apesar dele poder ser visto nas aventuras dos Vingadores). Sua volta se deu na nova revista do grupo chamada Os Poderosos Vingadores, que substituiu a publicação conhecida como Marvel 2003.

* Nessa época, após a batalha judicial sobre os direitos do personagem (levantadas pelo criador, Joe Simon) dar mais credibilidade para a Marvel, rumores sobre produções cinematográficas com o Capitão América ganharam força... entre as boatarias. Uma delas dava como certa que o intérprete do herói seria o ator Brad Pitt.

Nenhum comentário: