quarta-feira, 2 de outubro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 505

 - Captain America 454 (Agosto de 1996)
* "Sanctuary", escrita por Mark Waid, desenhada por Ron Garney, artefinalizada por Scott Koblish

Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Marvel 98 9 ("Santuário")

No pequeno país oriental de Tapkwai, Sharon Carter negocia a moeda contendo os segredos da mente do Capitão América junto a o senhor do crime local, conhecido como X12. Quando o próprio Capitão América a alcança, não está contente com a traição. Diante da confusão armada, os dois fogem.

Durante a fuga, Sharon mostra ao Capitão as peculiaridades de Tapkwai, local onde as tropas do exército engordam enquanto presos políticos morrem de fome nos campos de arroz, onde cumprem prisão perpétua. Quando a SHIELD abandonou a agente, foi ali que ela passou oito meses em reclusão, conhecendo os presos e o sistema ditatorial e criminoso. Negociar a moeda com os segredos do Capitão era uma forma de tirar X12 das sombras e, consequentemente, derrubar o governo local.

O Capitão América tem outra estratégia para libertar os presos. Lidera um a um para fora dos campos de arroz, mesmo com o exército de Tapkwai em seu encalço. Surpreendentemente ganhando tempo ao enfrentar as tropas, o herói recebe a ajuda do porta aviões aéreo da SHIELD que, próximo a causar um incidente internacional, consegue resgatar os presos e os levar dali. 

Sharon prefere ficar para trás. Afinal, ela não quer se envolver com a agência que a abandonou no passado e, verdade seja dita, a agência não está exatamente contente com sua volta. É por isso que ela fica... mas o Capitão sabe que ela irá se cuidar. Sharon mudou. Muito.

Os dois se despedem solenemente. Talvez pela última vez...
A+:

* Com essa edição, a Marvel descontinuava a revista do Capitão América que durou por mais de quatrocentas edições, sendo originalmente chamada de Tales of Suspense (revista onde também surgiu o Homem de Ferro) e passou a se chamar Captain America a partir da centésima edição. A decisão visava relançar um novo título do herói, dentro do projeto Heróis Renascem, após a saga conhecida como Massacre Marvel, trazendo uma nova roupagem ao personagem. Para os fãs, o ponto negativo foi a saída da equipe formada por Mark Waid, Ron Garney e Scott Koblish, que vinha fazendo um elogiadíssimo trabalho dentro das aventuras do Capitão.

4 comentários:

Anônimo disse...

O QUÊ????
Como assim era o fim da revista do Cap? A Sharon e ele acabaram de se reunir!!!! E o Mark Waid mal chegou!!!!

"...trazendo uma nova roupagem ao personagem".....o q isso implica?


Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Ahn... ééé... bem... Você vai ver.

Anônimo disse...

Por que isso não soa como uma boa mudança?

J.

Marcos Dark disse...

Então...