domingo, 29 de setembro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 502

- Captain America 452 (Junho de 1996)
* "Plan B", escrita por Mark Waid, desenhada por Ron Garney, artefinalizada por Scott Koblish

Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Marvel 98 n° 7 ("Plano B")

Cinco mil metros acima da Moldávia, o F-15 onde estavam Steve Rogers e Sharon Carter é atingido pelo canhão Argus. Antes da explosão, porém, o casal consegue se ejetar. O pára-quedas de Rogers abre... o de Sharon não. Ainda desmaiada e presa em sua poltrona, a ex-espiã da SHIELD está em uma queda fatal. Steve solta seu próprio pára-quedas e posiciona seu corpo de forma a alcançar Sharon. Com o seu escudo de plasma, ele tenta libertar o pára-quedas dela. Mesmo assim, ao conseguir, ainda tem que se agarrar a poltrona dela. Antes de chegarem ao solo (em uma velocidade acima do que o peso do pára-quedas suporte), ele a solta da poltrona, pede que ela se segure nele... e salta. A poltrona se espatifa no gelo fino de um lago da região, fazendo com que as pistas de seu paradeiro ao inimigo se tornem mais difíceis. Já ele, calculando a queda antes de atingir o lago, consegue pegar impulso em um galho e os colocar em segurança. Antes de prosseguirem, decidem descansar em uma caverna, lado a lado. Afinal, exaustos, não serão páreo para enfrentar Mecanus.

Ela adormece... e sonha com ele. Ao acordar, se surpreende com a presença de tropas moldávias. Steve não está a seu lado. Ela se livra dos soldados, mas bate em retirada. Steve havia ido atrás de transporte, conseguindo-o graças a um jipe militar. Com Sharon como carona, rumam para a base mais próxima.

Chegando até a base moldávia, vestidos com uniformes que encontraram dentro do jipe, Sharon engatilha a arma e está prestes a atirar no oficial do portão. Steve a detém, pois prefere fazer tudo sem mortes. O disparo, no entanto, acaba chamando a atenção das tropas. Improvisando, ela pede que Steve a acerte com um soco, algo que ele faz a contragosto. Os soldados se aproximam da garota que chora ao ser agredida... apenas para serem atingidos pela espiã que só estava fingindo para chegar perto o suficiente... e dar tempo de Rogers entrar na base. Ele, no entanto, segue em direção ao que julga ser o canhão Argus e consegue destruir um deles. Mas a explosão o desacorda. Sharon, preocupada, tenta fazer respiração boca a boca para acordá-lo. Ele reage e a mantém em seu beijo improvisado... algo que ela não recebe muito bem (aparentemente). A distração é o bastante para que o casal seja capturado.

Ao acordarem, Steve e Sharon estão amarrados em uma sala com o vilão robótico Mecanus. Um noticiário informa que uma comissão da Moldávia está prestes a se encontrar com o presidente americano para tentarem evitar o conflito internacional envolvendo o Canhão Argus. Mecanus confirma que vem seguindo Steve desde Washington e que realmente entrou em sua mente para pegar dados... não apenas do Argus, mas de todos os segredos e senhas que lhe foram conferidos. Entre eles, o acesso ao porta-aviões aéreo da SHIELD, ao qual o vilão agora está tendo pleno controle e fazendo-o rumar para uma rota de colisão com o Monte Hood, colocando em risco a vida de agentes e civis. Todos esses segredos estão guardados em um banco de dados que se assemelha a uma simples moeda.

Steve consegue se soltar das cordas e agarrar Mecanus. Mas o vilão sorri. A sua volta, todos os operativos da sala são simulacros robóticos dele mesmo. Mecanus está em toda parte... inclusive, como mostra em um monitor, como um dos integrantes da comissão moldávia... prestes a se encontrar com o presidente americano.

Continua...

Nenhum comentário: