sexta-feira, 27 de setembro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 500

- Captain America 450 (Abril de 1996)
* "Executive Action" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Ron Garney, artefinalizada por Scott Koblish

Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Marvel 98 n° 6 ("Ação Executiva")

Steve Rogers chega a seu apartamento, no Brooklin, e encontra agentes do exército americano, mais especificamente do Departamento de Investigações Criminais, que derrubaram sua porta e invadiram o local. Para piorar, os agentes tem ordens de prendê-lo por traição contra os Estados Unidos da América. Inicialmente, os agentes sequer o deixam dar um telefonema e muito menos sabem exatamente quem estão prendendo... até que encontram... seu uniforme.

Agora vestido como Capitão América, porém ainda algemado, Rogers está em plena sala oval, na Casa Branca, junto ao presidente... que ordenou que ele fosse levado diante de sua presença. Pedindo esclarecimentos sobre a acusação de traição, o Capitão América presencia a chegada do General Chapman, o militar responsável pela base que foi invadida por neonazistas (que na verdade era um culto ao Cubo Cósmico). Sem saber de toda a verdade, o general apresenta uma gravação do local onde o Capitão é auxiliado pelo vilão Caveira Vermelha. O herói explica ao presidente que o vilão o queria usar pois o curou de sua degeneração do supersoro em seu sangue. Ainda informa que outra testemunha do fato é a ex-agente da SHIELD, Sharon Carter, o que só piora a situação, pois ela entrou ilegalmente no país. Mas esse é o menor dos problemas. Há ainda mais...

Dois anos atrás, o presidente confiou ao Capitão América a memorização de dados cruciais obtidos de um cientista moribundo... dados que permitiram que uma arma revolucionária, com visualização e direcionamento precisos, fosse completada. A missão era ultra secreta. O cientista morreu nos braços do herói. E quando ele morreu, apenas dois homens na Terra... o presidente e o Capitão América... sabiam do segredo do Canhão Antiaéreo Argus. Porém, quatro dias antes a CIA informou que o vilão Mecanus, antigo associado do Caveira Vermelha, apareceu na Moldávia... com o Argus completo e operacional. Seus sistemas de rastreamento são um salto quântico em comparação ao radar. O Argus de Mecanus abateu dois caças americanos sobre a Moldávia. Os dois pilotos morreram... e o ataque da Moldávia deixou os Estados Unidos muito perto de uma guerra. O que o presidente quer saber é... teria o Capitão América trocado o segredo do canhão... pela cura de sua degeneração?

No entanto, o presidente se encontra em um impasse. Não pode julgar o Capitão América por traição. Ele é o herói mais respeitado da América e isso arrasaria o país. Então... o presidente toma uma decisão... e o Capitão América está sendo exilado em Londres. A partir deste momento, ele está confinado a solo estrangeiro. Steve Rogers... não é mais um cidadão americano.

Em Londres, o Capitão está prestes a procurar por algum conhecido, quando é abordado por alguém vestido com uma máscara negra. Ao confrontá-lo, descobre que é... Sharon Carter, que viajou incógnita para tentar ajudá-lo. Steve Rogers foi preso e humilhado por algum lunático que pode provocar uma guerra. Sua atitude daqui em diante é encontrar o responsável e recuperar sua vida. Sharon o segue.

Continua...

4 comentários:

Anônimo disse...

PARTE 500º!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! (Dá pra acreditar?)
Parabéns pela sua dedicação Marcos <3 <3 <3


O Steve vai lutar junto com o Cap Bretanha né??????? Não vão desperdiçar uma oportunidade dessas né??
Aww a Sharon vai ajudar o Steven <3 *lágrimas de alegria*

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Eu é que agradeço pela audiência nessa caminhada!!!!!

Bem, Steve não está numa posição muito favorável a procurar outros heróis, no momento. Mas a fiel Sharon está lá, sim, firme e forte.

Carmem Magalhães disse...

Parabéns, Marcos!! Não só pelo número grande e redondo de posts, como pela partilha das histórias do Capitão América, através dessas resenhas tão bem elaboradas em seu bom gosto e, claro, excelente talento. Que venham muitas outras para nós.. leitores! É um prazer seguir-te!!!
Carmem Magalhães

Marcos Dark disse...

Eu que agradeço pela audiência de todos vocês, que me dão a honra de estarmos nos divertindo nesse incrível universo de personagens e situações.