quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 498

- Super Soldier (Abril de 1996)
* "Secret of the K-Bombs" - Escrita por Mark Waid e Dave Gibbons, desenhada por Dave Gibbons

Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Amálgama n° 2 ("O Segredo das Bombas K")

"O foguete espacial pousou em 1938. Sua origem, uma incógnita. Sobreviventes, nenhum. O exército coletou amostras celulares dos alienígenas mortos para experiência... e, no início da Segunda Guerra Mundial, adicionou-as ao Soro do Supersoldado, na esperança de criar um campeão da liberdade. A fórmula foi injetada em um voluntário, cujo nome não posso revelar. A seguir, o jovem foi exposto a alta radiação solar. Embora os cientistas presumissem o efeito disto sobre as células alienígenas... ninguém imaginou que o voluntário desenvolveria poderes e habilidades... inconcebíveis para qualquer ser humano."

"Foi então que me descobriram nas sombras. Com a astúcia dos Olsen, consegui um acordo. De repórter novato, me tornei documentalista oficial... do Supersoldado! Graças a mim, o mundo foi informado de cada passo, cada vitória do Supersoldado. Março de 1942. A guerra estava praticamente vencida por nosso herói, quase sozinho... até o surgimento do Ultra-Metallo. Alimentado por uma fonte de energia misteriosa, o super-robô rumava para Washington, D.C. ... até ser interceptado sobre o Oceano Atlântico. o desfecho da batalha foi trágico. Diante de meus olhos... nosso herói afundou com o robô no oceano... para nunca mais ser visto."

"Foi o fim do campeão da América... e meu amigo. Só me restou a história do século... e um dilema moral quase profano. Divulgar, ou não, a morte do Supersoldado? Embora eu fosse jornalista... tal notícia abalaria demais o moral dos países aliados. E a meses da conclusão das armas definitivas, as bombas K de Lex Luthor, os aliados tinham que continuar fortes. Foi a decisão mais difícil de toda minha vida."

Anos depois, Jimmy Olsen, editor chefe do Planeta Diário, chega à redação com vários hematomas. Terroristas da Hidra descobriram a verdade e o raptaram. Ao chegar, ele entrega seu relógio para o repórter Kent e diz apenas "Washington... às quatro". Finalmente, Kent utiliza seu uniforme de Supersoldado desde que foi encontrado congelado e revivido pelos Vingadores da Justiça. Ele sabe quem é o mandante da Hidra. Trata-se do filantropo Lex Luthor, que foi o criador do Ultra-Metallo. Agora, prender Luthor é um erro que o Supersoldado pretende corrigir.

O Supersoldado chega a Washington às quatro, como disse Jimmy... mas nada encontra de anormal. É então que ele percebe a sombra do Obelisco que, às quatro, aponta para um determinado edifício. De fato, o edifício está cheio de agentes da Hidra, liderados por um envelhecido Luthor.

Depois de tantos anos congelado, o Supersoldado se sente mais enfraquecido. Nem mesmo escapa do ataque do reconstruído Ultra-Metallo, que segue para a Casa Branca com uma bomba em seu interior. E Luthor o controla por dentro. Alguma coisa dentro do monstro metálico parece enfraquecer ainda mais o Supersoldado. De fato, ao rasgar parte do robô, o herói sente a radiação de um meteorito encontrado perto de um velho foguete alienígena que caiu na Terra. Luthor o batizou de K Verde. Com um pedaço do meteorito, o vilão criou um soro radiativo que injetou em seu sangue... prolongando sua vida. Com o resto dele, criou suas bombas K, sendo que a maior delas está no interior de Metallo.

Apesar da radiação K afetar suas células alienígenas... o Supersoldado percebe que alguma coisa o faz se recuperar, toda vez que Metallo o atira para longe. Quando o enorme robô está próximo o bastante para matá-lo... o herói parece fugir. Porém, quando se aproxima o bastante da Casa Branca... uma enorme tubulação corta o ar e atravessa o peito da criatura. O Supersoldado finalmente notou que certo tipo de tubulação, para onde foi atirado, o protegia da radiação. Com um deles, consegue retirar a bomba, sem ser afetado.

Mais tarde, com a verdade sobre Luthor vindo a publico, o Supersoldado sabe que seu enfraquecimento se deve a partículas de Bombas K que o vilão utilizou durante a Segunda Guerra e que ainda poderiam estar no ar afetando seus superpoderes. Porém, quando a Hidra ousar se reerguer, o Supersoldado estará à espera deles.

Nenhum comentário: