domingo, 1 de setembro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 473

 - Captain America 432 (Outubro de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 212 ("Em Terreno Selvagem")

* "Baron Ground" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dario Carrasco Jr e artefinalizada por Danny Bulanadi

Dentro do castelo do Barão Zemo, Capitão América não só se surpreende pelo vilão ter adotado 25 crianças, que lhe amam como um verdadeiro pai... como também de ter colocado armas em suas mãos. Armas que agora são apontadas para ele e para Cascavel. Seu instinto faz com que empurre sua parceira fora da linha de fogo e se proteja com o escudo, jogando cápsulas de gás entre ele e seus inimigos. Mas, percebendo que as balas não atingem o escudo... nota que não são armas de verdade. O pior é que o excesso de adrenalina começa a esgotar o herói e ele não pode deixar Zemo perceber essa fraqueza. Uma das crianças chora, dizendo que o Capitão quer tirá-la de Zemo. Quando o herói pergunta se ela não preferia estar com seus verdadeiros pais... ela diz que não, pois apanhava todo dia. De fato, Zemo as convenceu que teriam uma vida melhor com ele. Cansado da discussão, Zemo aciona um fosso abaixo dos pés do Capitão que, devido a seus reflexos alterados, acaba caindo facilmente na armadilha.

Mais tarde, utilizando o pouco que lhe resta de força, o herói se esconde em uma das bordas do fosso, saindo da mira das câmeras de segurança. Com isso, Zemo acha que o Capitão fugiu e manda seus plastóides investigarem. Quando abrem o fosso... o Capitão os golpeia e consegue fugir. Utilizando parte dos apetrechos criados por Fabian, o herói agora se vale mais de sua inteligência e estratégia, contra os plastóides, do que de sua força. Porém, ao adentrar o castelo em busca das crianças, o Capitão é finalmente capturado por um plastóide, que o prende em seu próprio corpo moldável. Ao ser levado para Zemo, o vilão ordena que seu plastóide mergulhe dentro de um tonel com adesivo X (substância que o deformou no passado), matando o Capitão. Antes de seguir com o plano, Zemo faz uma estranha pergunta ao Capitão. Pergunta se, caso Cascavel o traísse, seu amor por ela cessaria? Pergunta tão estranha, que o herói não sabe responder.

Quando o plastóide chega ao tonel de adesivo x, o Capitão América se vale de outro apetrecho de seu novo colete e consegue deixar o corpo da criatura quebradiço, utilizando sua força para fazê-lo em pedaços e escapar. Mesmo conseguindo escapar, o herói vê os demais plastóides de fundirem em um único e gigantesco plastóide... que o ataca novamente.

Continua...

Nenhum comentário: