sábado, 31 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 472

 - Captain America 431 (Setembro de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 212 ("A Próxima Geração")

* "The Next Generation" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

O estado de saúde o Capitão América piorou. Seus reflexos, flexibilidade e força foram reduzidos em até 40%. A deterioração ocorreu mais rápido do que o Dr. Kincaid imaginava. É claro que esse resultado tem a ver com o fato de que o Capitão não tem se poupado. O herói ainda prefere manter seu estado no anonimato. Não quer nem mesmo revelar a seus colegas dos Vingadores. O Dr. Henry Pym poderia ajudá-lo, mas ele não quer revelar nem com o risco de perder os movimentos do corpo. E analisar suas células sem que o soro do supersoldado revelasse de quem se trata está fora de cogitação. A força do Capitão América tem desaparecido em momentos de tensão devido a um efeito contrário ao causado pela adrenalina que, ao invés de lhe dar energia, tem lhe exaurido. Kincaid pede que o herói compareça todas as semanas a seu consultório. Ao sair, o herói não encontra Rachel, que imaginava estar lhe esperando.

Steve visita Fabian para verificar se um pedido seu já está pronto: uma espécie de colete que poderá suprir seus momentos de fraqueza. Rachel chega ao laboratório de Fabian e pede para falar com o Capitão em particular, interrompendo os teste do colete. Lá fora, uma má notícia: Rachel diz que quer terminar o relacionamento com o Capitão. Ela está chateada, entre outras coisas, por tê-lo salvo de Damon Dran, sem nem ao menos receber um obrigado. Além disso, lhe incomoda o fato dela ser uma criminosa e acabar sujando a imagem do Capitão, algo que ele acha bobagem. A conversa é interrompida por um sinal do Visão, que parece ter descoberto as crianças seqüestradas... no castelo do Barão Zemo! Imediatamente ele parte... e pede a ajuda de Cascavel.

Na fronteira com o México, Moonhunter deixa Capitão e Cascavel planando sobre o Castelo de Zemo. Logo de cara, descobrem um enorme playground em um pátio do castelo. O novo sensor de movimento localiza dezenas de presenças físicas... e que revelam ser vários plastóides, andróides feitos de resina que servem Zemo. O Capitão pede que Cascavel mantenha a calma, pois as criaturas irão guiá-los até Zemo.

Dentro do castelo, Capitão América é recepcionado não só por Zemo, como por sua esposa, a Baronesa. Um detalhe importante, é que o vilão, outrora desfigurado, parece ter recuperado seu rosto normal. Quando o Capitão acusa Zemo de seqüestrar crianças, o vilão diz que, na verdade, ele e sua esposa adotaram 25 crianças. Para provar, ele chama as crianças para o salão principal. Elas chega e demonstram imenso carinho pelo casal de vilões. O herói desconfia de lavagem cerebral, mas Zemo diz que as crianças estão sendo educadas num ambiente familiar, para amar e honrar seus pais... e odiar seus inimigos. Para provar, o vilão pede que as crianças façam uma surpresa ao Capitão. Todas atendem... apontando armas para o herói e sua parceira.

Continua...

Nenhum comentário: