quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 469

 - Captain America 428 (Junho de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 211 ("Policiando a Nação")

* "Policing the Nation" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

No distrito policial de Manhattan, Cascavel e Capitão América entregam o vilão que se passava por Raio Azul e auxiliava o novo Superpatriota. Ele explica que tem poderes de imitar vilões mortos, apenas encostando no cadáver. Para demonstrar... ele se transforma em Boca-de-Leão. A demonstração desconcerta Cascavel, que entra na sala de interrogatório e quer saber onde o vilão encontrou o corpo de sua antiga inimiga. Ele diz que foi em Nova Orleans. Agora, ela tem uma pista para saber se realmente matou Boca-de-Leão. Se realmente é uma assassina. O piloto Moonhunter segue com ela para Nova Orleans.

De volta ao Brooklyn, local do incêndio durante a batalha do Capitão América com o Superpatriota, o herói descobre que não foi encontrado nenhum corpo entre os escombros. O vilão pode estar vivo. 

Quando retorna para a Mansão, o Capitão América recebe uma ilustre visita: seu amigo Arnie Roth, que parece ter decidido trabalhar com a equipe do Capitão. Ao apresentar a sala de comunicação, uma chamada mostra ao Capitão que um elemento vestido de vermelho, azul e branco andou cometendo assassinatos em Virgínia. Desconfiado que seja o Superpatriota, o herói segue para o local.

No caminho, o Capitão escuta explosões e tiros. Decidindo investigar, encontra um homem trajando um uniforme que lembra um policial e que se identifica como Americop, o maior policial do país. Usando uma espécie de máscara que lhe cobre o rosto, o Americop parece ter capturado criminosos e está prestes a executá-los. o Capitão América detém a chacina e Americop não vê isso com bons olhos. O Capitão desfere golpes contra o policial, mas ele não parece se abalar. O pior é que o herói sente seus músculos perderem o controle, tendo outro ataque devido a sua deterioração. Logo, o Capitão se vê imobilizado e prestes a ser executado. Mas o som de sirenes se aproximando faz com que Americop deixe o local. Quando o herói se recupera, decide encarar a polícia... mesmo sendo suspeito em uma cena de crime.

Continua...

Nenhum comentário: