domingo, 25 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 466

 - Captain America 425 (Março de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 209 ("Jogos Superpatrióticos")

* "Super Patriot Games" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

Capitão América se sente estranho. Além de sua coordenação estar ruim, ele não está rápido como de costume. Chega até mesmo a achar que isso é falta de concentração devido a mudança para a Mansão dos Vingadores. O fato é que ele não está rendendo no treinamento de costume. Treinamento que é interrompido pelo Dr. Kincaid, que está analisando o caso de fadiga muscular do herói. O médico revela que ele ultrapassou os limites do supersoro em seu corpo. Há décadas, todo dia, o Capitão América faz o que pra qualquer outra pessoa seria um mês de atividades físicas. Parece que o soro não está mais conseguindo reparar suas células danificadas ou gastas. Se continuar mantendo esses níveis de atividade, poderá até mesmo ficar paralítico em um ano. Se reduzir o ritmo, talvez consiga manter uma mobilidade normal pelo resto da vida. Em resumo, se Steve Rogers continuar agindo como Capitão América... em um ano estará inválido. Diante desse dilema... o herói pede que o médico não conte nada a ninguém.

Steve procura Rachel e conta a ela sobre seu problema. Ele parece confuso e sem saber o que fazer. Sua vida foi agir como Capitão América. Para relaxar, ela o chama para sair. O casal está jantando tranquilamente em um local a céu aberto, quando Steve vê um garoto que parece ter roubado um senhor. Impedindo que ele continue correndo, nota que o que roubou... são revistas em quadrinhos. Entre elas, por ironia, há uma do Capitão América. Steve pergunta ao garoto como ele pode cometer um delito se os heróis que ele quer ler são exemplos de boas ações. Mas o garoto não está interessado nas histórias. Apenas quer vender as revistas quando elas se tornarem raridade. O dono das revistas, por outro lado, gostaria de conhecer herói de verdade... heróis como Justiceiro e Wolverine, pois os mais violentos são de seu gosto. O dono das revistas prefere não dar queixa pois sabe que o garoto será solto. No saldo final, Steve se decepciona ainda mais. Se sente um herói ultrapassado. O comunicartão dos Vingadores toca e Peggy informa que o Capitão América foi visto agindo na zona oeste, enfrentando o vilão Porco-Espinho. Há alguém se passando por ele.

Depois de enfrentar muito trânsito até o local onde o Capitão foi visto, Steve e Rachel se deparam com várias pessoas no local, inclusive a imprensa. Vinte pessoas estão seriamente feridas e o Capitão América saiu do local após a batalha, sequer dando atenção às vítimas. Muitos desaprovam sua atitude. É então que o herói decide convocar uma coletiva de imprensa para esclarecimentos. Sua intenção é fazer isso em um parque, para que seu imitador tenha a chance de atacá-lo.

No dia seguinte, durante a coletiva, os primeiros vilões integrantes dos Mestres do Terror aparecem para atacá-lo. O estranho é que o Executor e o Derretedor estavam mortos. Para piorar, o alvo não é exatamente o Capitão América. Os vilões começam a matar pessoas entre os espectadores. Cascavel tenta impedir que o Capitão aja. Afinal, os Vingadores estão ali e podem dar conta do recado. Mas o grupo parece vacilar, como se não entendesse o que está acontecendo. De fato, quando o Capitão age... ele está lutando contra o próprio público e não há nenhum vilão ali. 

As ilusões terminam quando o verdadeiro vilão aparece. Miragem, capaz de projetar ilusões na retina no herói. Mas o mais surpreendente é que outro herói consegue capturar o vilão... Ele usa o antigo uniforme e o mesmo nome que anteriormente pertencia... ao Superpatriota. Após a derrota, ele bate em retirada. Viúva Negra insiste em querer levar o Miragem para dentro da Mansão. Insiste até de forma ríspida. Dentro da Mansão... ela simplesmente deixa o vilão fugir. Ao analisarem as câmeras de segurança, percebem que o vilão se tornou púrpura. Trata-se do vilão Homem-Púrpura, que tem poderes de persuasão. O mais estranho... é que o Homem-Púrpura também estava morto. Alguém está imitando antigos vilões. Como se não bastasse seus problemas pessoais, esta armação deixa o herói ainda mais perdido.

Continua...

Nenhum comentário: