segunda-feira, 5 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 446

 - Captain America 401 (Junho de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 199 ("Após a Tempestade")

História: 

* "After The Storm" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Uma reunião tensa entre os Vingadores.

A pauta atual é a votação sobre a renúncia do Capitão América como chefe executivo e oficial comandante dos dois grupos de Vingadores. Para piorar, tal pauta é levantada... pelo próprio Capitão América. A tensão se dá devido a uma parte dos heróis ser responsável pela morte da Suprema Inteligência Kree. Obviamente, nenhum dos heróis é a favor de tal decisão. O Capitão América ainda os convida para um seminário sobre ética super-humana, que irá presidir naquela noite. Porém, contrariado com a pergunta de Thor (Eric Masterson) sobre a obrigatoriedade do comparecimento, frisa que a presença é voluntária. Após a tensa reunião, Quasar procura o Capitão para informar que a entidade cósmica responsável pelas suas pulseiras quânticas o nomeou "protetor do universo"... e que pensa em tirar licença dos Vingadores. Mesmo assim, pretende comparecer ao seminário. O Capitão lembra que ele não é um herói que precisa ouvir sobre ética e lhe deseja boa sorte.

No centro de comunicações, Peggy Carter (aliviada por ver o Capitão América bem) informa que Falcão e Agente Americano responderam a um chamado que tem a ver com seu amigo, Demo. Surpreso, o herói pede para convocar John Jameson... Mas o piloto não aparece desde que o Capitão foi para o espaço... provavelmente procurando por Cascavel. O mundo do herói parece estar desabando.

Mais tarde, no seminário, apenas Viúva Negra, Gavião Arqueiro e Feiticeira Escarlate comparecem. Meio sem-jeito, eles tentam explicar os compromissos dos outros. A decepção do Capitão é evidente. Ele pede desculpas e desiste do seminário. (Thor ainda chega... mas já é tarde demais). O Gavião Arqueiro tenta animar seu colega e o força a sair pra se divertir um pouco.

Clint Barton (o Gavião Arqueiro) leva o Capitão... ou melhor... Steve Rogers para se divertir em um bar barra pesada (pois, segundo ele, aqueles são os mais divertidos). Steve desabafa que tinha duas escolhas em sua vida. Ser um bom Capitão América ou um mau Steve Rogers. Ele escolheu a primeira opção, mas isso o deixou sem amigos civis. O problema é que agora sente que sua forma de conduta está ultrapassada e nem mesmo serve de inspiração aos vingadores, muito menos se vê na posição de liderá-los. Clint o provoca a pedir demissão e, com ele, formar um novo grupo. Mas Steve não deseja competição. E mesmo na insistência em ter uma vida civil... Rachel, a garota ao qual Steve estava envolvido, simplesmente desapareceu.

De repente, um notório personagem chega ao bar: Tony Stark. Na verdade, por uma dica de Peggy Carter, ele procurou por esse bar para conversar. Pede licença a Clint, pois precisa ter um particular com Steve. Stark gostaria de fazer as pazes, pois a relação entre eles está abalada. Steve lembra da Guerra das Armaduras, onde o Homem de Ferro invadiu a Gruta e o derrubou. Houve uma trégua depois disso, mas sem muitas explicações. Quanto a esse período, Stark lembra que estava passando por um momento conturbado. Mesmo assim, os eventos recentes não melhoraram a situação. O Homem de Ferro entregou os vingadores aos krees sem consultá-lo... sendo que ele era o líder. E depois que Sersi os salvou, Homem de Ferro ficou furioso pela maneira como ela fez, alterando a forma de sua armadura. Depois ainda liderou o "pelotão de execução" dos vingadores... que exterminou a Inteligência Suprema... quando, segundo Steve, ele deveria ser julgado. Stark lembra que sentiu grande pesar depois que a bomba explodiu... e o Capitão América possivelmente estivesse morto. Ele reconhece que o herói é inspiração para os vingadores. Respeitado e reconhecido pelo que faz e como faz. Por isso... pede-lhe perdão. Diante do exposto... pelos dois... colocam uma pedra no passado.

Ao voltar para o QG dos Vingadores, Steve encontra o Agente Americano, Falcão... e Demo! Parece que as coisas estão começando a melhorar.
A+:

* Interessante a escolha de vingadores que compareceram no seminário do Capitão América. Feiticeira Escarlate e Gavião Arqueiro são membros que eram desacreditados quando entraram para o grupo. Só foram admitidos graças à chance dada pelo Capitão América. A própria Viúva Negra aparecia nas histórias do grupo eventualmente, mais pela sua ligação, na época, com o Gavião Arqueiro.

2 comentários:

Anônimo disse...

Nossa ninguém foi, tadinho do Steve Ç_Ç

Putz, a Rachel vive desaparecendo!!! Onde essa mulher tá agora?

"Na verdade, por uma dica de Peggy Carter" a Peggy é uma shipper <3

"Stark lembra que sentiu grande pesar depois que a bomba explodiu... e o Capitão América possivelmente estivesse morto." Nada como uma situação de quase morte para colocar as coisas em perspectiva.
Aww Tony e Steve amigos de novo <3 <3 <3

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Até a próxima discussão, é claro... Mas muitas amizades são assim mesmo...