domingo, 4 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 445

- Captain America 400 (Maio de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 199 ("Passando Frio")

História: 

* "Out In The Cold" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Larry Alexander e artefinalizada por Kathryn Bolinger.

Em algum lugar do círculo ártico, um jato passa rasante próximo a um grupo de esquimós. O som é ensurdecedor. Nenhum dos pescadores ouviu nada parecido. Exceto um deles. Ele se lembra de algo semelhante... muito tempo atrás. O homem alto, ao qual os esquimós chamam de cabelo vermelho, nada diz. Ele toca o ombro do amigo em um gesto que significa tanto "obrigado" quanto "adeus"... e então parte.

Três dias depois, caminhando na direção da aeronave, o homem chamado Cabelo Vermelho finalmente encontra abrigo. Uma enorme base no meio do gelo. Ele se lembra dela. Muito vagamente. Como se fosse em um sonho. Usando sua força, da qual a extensão desconhece, ele invade o local. Mas logo é abordado por homens em roupas estranhas, apontando objetos que ele não sabe o que é... mas são armas. Os homens que o cercam parecem familiares. De outro sonho. As palavras que esbravejam... ele já ouviu aquela língua antes.

Enquanto isso, no Projeto Pégaso, sede da força terrestre dos vingadores durante a Operação Tempestade Galáctica, Peggy Carter informa o Falcão sobre um comunicado do Apátrida. O vilão exige a presença do Capitão América em sua base... no ártico... se quiser ver seu amigo Demo vivo!

Demo. O amigo do Capitão América que foi dado como morto justamente quando a base do Apátrida explodiu no passado. O problema é que o Capitão está no espaço. O Agente Americano, querendo capturar o Apátrida diz que irá enfrentá-lo sozinho. Vespa, então líder do grupo, diz que ele pode ir... acompanhado com o Falcão.

Horas depois, o Falcão salta da nave, pilotada pelo Agente, e voa bem baixo para não ser pego pelo radar. Enquanto isso, o Agente se entrega ao grupo terrorista, mas o Apátrida sabe que ele não é o Capitão (apesar do uniforme parecido) e ordena que ele seja morto. Ao ser levado para a execução, o herói usa a cápsula contendo partículas de encolhimento de Henry Pym e joga sobre seu cinto... que aumenta e mostra ser seu escudo. É então capaz de derrotar os vilões e invadir a base. Essa distração dá tempo para que o Falcão também entre por outro lado. 

Falcão encontra Demo, que está sem memória, enquanto o Agente Americano enfrenta o próprio Apátrida. Essa luta os leva até um precipício, onde o vilão acaba pendurado. O Agente, que prometeu não tirar mais vidas, até oferece ajuda. Mas o Apátrida, orgulhoso, prefere se jogar nas águas geladas... depois de atirar na borda gelada onde o Agente também fica pendurado. Quando o herói finalmente cede e cai... o Falcão o resgata com a nave... e trazendo Demo dentro dela.

3 comentários:

Anônimo disse...

#Demolives
Aimeudeus, aimeudeus, finalmente o Demo está de volta <3!!!!!!!!!!

Nossa DM, demorou taaaaaaaaaaaaaaanto.



Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Mas valeu a pena, não é?

Anônimo disse...

Muito <3

#Demolives