domingo, 30 de junho de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 410

 - Adventures of Captain America n° 2 (Novembro de 1991)
Publicada no Brasil na revista As Aventuras do Capitão América n° 2 ("Traído Pelo Agente X")

História: 

* "Betrayed By Agent X" - Escrita por Fabian Nicieza e Kevin Maguire, desenhada por Kevin Maguire, artefinalizado por Joe Rubinstein

Graças aos reflexos que adquiriu em seu intenso treinamento, somado a superforça pelo soro do supersoldado, Steve consegue se esquivar dos ataques e derrotar um grupo de contrabandistas de armas do exército. E ainda descobre que as armas seriam enviadas para aliados dos nazistas. Antes de sair do galpão, Steve prende os contrabandistas em uma enorme caixa e avisa a polícia. Nada mal para sua primeira missão (ainda que independente de ordens superiores).

Steve volta a sua vida corriqueira dentro do quartel, informando o Coronel Fletcher, que sabe de seu disfarce, de que está tudo indo bem. Mas não chega a informar sobre sua "missão secreta". O Coronel, no entanto, sente certo incômodo e desconfiança diante da notícia que aparece nos jornais: "Contrabandistas capturados por mascarado...". Confiante, Rogers já planeja uma nova investida contra os contatos alemães dos contrabandistas.

Andando pelo quartel, Steve encontra um jovem metido em confusões por prometer cigarros aos soldados. O jovem tenta argumentar com seus insatisfeitos "clientes" que o último carregamento não veio devido a uma tragédia familiar ocorrida com o motorista que lhe traz a mercadoria. Quando Steve chega perto do burburinho, o garoto, falando sem parar, o trata como se fosse o fictício motorista, perguntando sobre a tal mercadoria. Com a desculpa de que irá tratar desse assunto com seu "sócio", o jovem se livra da surra. E é assim que Steve Rogers conheceu o sagaz mascote do regimento, James Buchanan Barnes, também conhecido como Bucky.

Naquela noite... tudo parece quieto nos estaleiros Woodbridge, na Virgínia. Mas, no perigoso mundo do contrabando, quietude é sinônimo de encrenca. Steve localiza os alemães que estão levando as armas americanas. Ele aborda o caminhão que as transporta, mas o motorista acaba fazendo com que ele caia com parte da carga para fora. O caminhão dá ré, com a intenção de matar Steve, que é protegido por uma das caixas de munição que caíram com ele. Quando volta a fugir, o motorista não percebe a caixa sendo arrastada... soltando faíscas. A explosão mata os alemães diante de Steve. O final explosivo da operação pró-nazista causa comoção. Todo mundo quer descobrir mais sobre o vigilante mascarado. Essas notícias, inclusive, chegam ao quartel e Steve começa a ficar encrencado. Seu braço ferido, a irritação do Sargento Duffy por não encontrá-lo na checagem das camas à noite... e o fato da tenente Cinthya Glass levá-lo faz com que o "herói" se preocupe por ter sido descoberto.

O motivo pelo qual Steve foi reconvocado para falar com os superiores que sabem seu segredo é ainda mais surpreendente do que a advertência que iria tomar. Na verdade, eles encontram evidências ainda mais contundentes do que suas escapadas. Steve se depara... com os desenhos que fazia nas horas de folga, criando fictícios uniformes de um suposto super-herói. Em poder desse material, os militares acham... que pode ser uma boa idéia. Criam, então, um uniforme baseado em seus rascunhos.

Mais tarde, um mascarado, dessa vez enviado pelo próprio exército, frustra um ataque a um dos juízes militares do caso dos contrabandistas. E ainda descobre que o informante americano dos alemães é o chofer, coincidentemente um dos quatro candidatos para o teste com o soro do supersoldado. O mascarado diz que seu nome é... Capitão América.

Nas semanas que se seguem, um herói lutando pelo povo norte-americano entra em cena. Ninguém sabe quem ele é ou de onde veio, mas de uma coisa todos os cidadãos estão certos... que encontraram um símbolo de liberdade. Um herói chamado... Capitão América.

Dias depois, Steve é informado que a tenente Cindy e o coronel Fletcher foram capturados por vilões nazistas enquanto o herói se apresentava em um programa de rádio com a primeira dama. Além disso, três soldados morreram no ataque. O Capitão América pensa em agir rápido, mas seu general o proíbe de agir para não perdê-lo. Steve interpreta essa "preocupação" como uma espécie de proteção do novo símbolo americano, que é o que se tornou. Então, ele decide agir por conta própria. Sua primeira parada é em uma prisão militar no distrito de Colúmbia, onde interroga o chofer Hodge, que traiu os militares em favor aos alemães. Hodge reluta no começo, mesmo porque as vítimas são velhos conhecidos dele, uma vez que foi recusado no teste com o supersoro. Mas, furioso, o Capitão o faz confessar sobre onde pode encontrá-los.

Continua... 



Nenhum comentário: