sexta-feira, 28 de junho de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 408

 - What If... 29 (Setembro de 1991)
Publicada no Brasil na revista Grandes Heróis Marvel n° 39 ("O Que Aconteceria Se O Capitão América Tivess Formado Os Vingadores?")

História: 

* "What If Captain America Had Formed The Avengers?" - Escrita por George Caragonne, desenhada por Ron Wilson, artefinalizado por Ralph Cabrera

Derrotado anteriormente por Namor, o agente Frank Castle retorna... mas, desta vez, ele usa uma armadura metálica alimentada por energia solar... projetada por um milionário colaborador da SHIELD chamado Anthony Stark. Castle, agora, é a última palavra em máquina de guerra.

Pouco depois de capturarem Namor e o estranho homem dentro de um bloco de gelo, uma nave da SHIELD retorna à sua base. Pouco a pouco, o gelo envolta do corpo vai se derretendo até que, para a surpresa dos agentes Castle, Clint Barton e Jasper Sitwell... o homem congelado abre os olhos. Em um impulso, ele salta e diz se lembrar que Nick Fury e seus homens estão mortos... e que ele é o Capitão América. Mas... como, se o Capitão América é o atual presidente dos Estados Unidos? Para mostrar que não se trata de um truque, o suposto Capitão pede que o testem. De fato, seus reflexos são de um supersoldado. Até mesmo Castle, utilizando sua armadura, acaba sendo derrotado.

O Capitão América se lembra apenas de estar voltando pra América em um navio com Nick Fury e os outros supersoldados... em fevereiro de 1942. Namor, solto de sua prisão pelo Capitão, complementa dizendo que é provável que o herói tenha sido congelado em um bloco de gelo e encontrado pelos esquimós, que pensaram que ele fosse algo sobrenatural. E o fato de estar em animação suspensa evitou que envelhecesse. Mas, quarenta anos depois, o mundo é bem diferente do que Steve lembrava. Namor ainda conta sobre o homem mais poderoso do mundo que roubou o nome e a face de Steve Rogers. Dos agentes presentes, apenas Castle parece acreditar no Capitão América. Por isso, ele não pensa duas vezes em eliminar Barton e Sitwell, ação que é repreendida pelo Capitão e por Namor, que ainda não confia no homem de armadura. Mas o herói sabe que não é hora de brigarem. Ao contrário disso, unem forças e se tornam os primeiros... Vingadores.

O trio de vingadores sobrevoa a Colúmbia Britânica, no Canadá, a procura de um novo integrante para o grupo. Logo, encontram o homem conhecido como Logan, que está oferecendo incrível resistência contra os supersoldados. Logan se lembra do Capitão, pois o encontrou em Madripoor, em 1941. O canadense surpreende a todos quando se transforma em uma fera albina e os ataca. Essa raiva se deve a Logan pensar que aquele Capitão é o mesmo tirano da América. Porém, o grupo explica a situação e ele decide se unir aos vingadores... pelo simples prazer de esmagar os supersoldados que tanto odeia. O Logan dessa realidade pode se transformar em uma criatura que as lendas locais chamam de wendigo. No entanto, os caçadores lhe deram outro nome: Hulk.

Na residência do Dr. Henry Pym, em Leonia, Nova Jérsei... o grupo parece ter chegado tarde demais. Pym, que poderia ser um importante aliado, foi morto. Em sua casa revirada encontram um ladrão... chamado Sam Wilson. Sam sente nojo ao ver o Capitão, também por achar que se trata do presidente que discriminou e perseguiu sua raça. No entanto, o herói explica que eles estão formando um grupo para vingar todos os anos de opressão. Convencido, Sam aceita se juntar ao grupo (apesar dos protestos de Castle, fruto de uma doutrinação racista). Utilizando um uniforme criado por Pym e tomando cápsulas especiais que o cientista criou para alterar seu tamanho, Sam Wilson se torna o herói conhecido como... Gigante.


Pouco depois, em Westchester, Nova Iorque, o grupo encontra um enfurecido homem nos escombros de uma mansão que abrigava mutantes. Mutantes esses que agora estão mortos a seus pés. O homem se lembra do Capitão. Quando se encontraram pela última vez, ele era apenas um garotinho sendo resgatado em um campo de concentração. Confuso, ele não entende porque o homem que o salvou no passado se tornou um tirano capaz de matar todos os seus alunos mutantes. Magnus também fica sabendo que o verdadeiro Capitão América voltou... e decide unir-se aos vingadores com o nome de... Magneto.

Os novos vingadores seguem para o porta-aviões da SHIELD e descobrem que a descomunal estrutura é mantida no ar pela energia de um homem que parece gerar raios. Preso pela faixas de Cyttorak (confiscadas quando o governo eliminou o místico conhecido como Doutor Estranho), o homem consegue se libertar assim que os Vingadores atacam a nave. Agora, Thor está livre novamente.

Enquanto os Vingadores lutam contra centenas de supersoldados, o Capitão América é orientado a seguir para uma porta de aço, capaz de abrir apenas com suas digitais (idênticas ao do presidente Rogers). Por trás da porta está o professor Erskine, criador do soro que ampliou a força do Capitão. Esse mesmo soro tem mantido o cientista vivo, com a intenção de também manter o presidente saudável.

O presidente Rogers, alertado sobre a invasão, encontra o verdadeiro Capitão e Erskine (que agora está horrorizado com o que seu suposto herói foi capaz de fazer) e revela ser... o Caveira Vermelha. Na época em que se pensou que o vilão havia sido morto, na verdade, graças ao cientista Arnim Zola, foi criado um novo corpo onde sua mente havia sido inserida. Esse corpo, cópia do corpo perfeito de Rogers, serviu de disfarce para que o vilão atacasse o submarino onde se encontravam Fury e seu exército. Desde então, acreditando que o verdadeiro Capitão também estivesse morto, o Caveira Vermelha, se passando pelo herói, conquistou a confiança do povo americano... bem como do mundo todo. Quando o Caveira aponta uma arma para o Capitão, Erskine salta em sua defesa e é morto. O herói atira o Caveira contra um painel, onde a eletricidade o mata. 

Debilitados, os vingadores, juntamente com o Capitão, enfrentam a última horda de supersoldados... sacrificando suas vidas para deter de vez os opressores da América.

"Anos depois, quando as feridas começam a cicatrizar... a América encontra sua identidade... uma nação para todos os homens, sem discriminação de raça, credo ou cor. Vocês viram um país onde alguns homens eram semelhantes, mas nenhum deles era igual ao Capitão América. Talvez não seja necessário um mundo de homens com a força física do Capitão América... basta um mundo de homens que, como ele, acreditem em seus ideais."

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!!

Não disse q aquele lá *não podia* ser o Steve?

Aww mas não importa o universo o Sam e o Steve sempre acabam lutando juntos <3

O Charles também morreu no ataque? Só ficou o Erik?
Argh, lá se foi meu final de feliz de contos de fada!!!!

COMO eles conseguiram matar o Dr Estranho? Como???
E o Odin deixou o Thor lá, sendo usado daquele jeito? (Pior.Pai.Do.Universo.)

Eu gostei do final.

Aliás, achei legal copiarem a capa antiga dos Vingadores mas substituírem com os dessa versão.

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Menina sagaz!

Não há maiores detalhes sobre o fim do Doutor Estranho. Mas, considerando a crueldade dessa realidade, não deve ter sido algo muito suave.