sexta-feira, 21 de junho de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 401

 - Captain America 387 (Julho de 1991)
Publicada no Brasil na revista Capitão América 188 ("O Mundo é Das Mulheres - parte 1")

História: 

* "Maiden Voyage" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins, artefinalizado por Danny Bulanadi

Avenida West End, Manhattan... Capitão América chega até o apartamento de Cascavel e constata que o teto desabou. Ele se pergunta se ela está em algum lugar debaixo dos destroços e chama por ela. Peggy soube dos distúrbios no quarteirão onde Rachel mora... mas ele não imaginava que fosse uma devastação. Em meio à destruição, ele encontra uma valise metálica com aparelhos eletrônicos na cozinha. Após dez minutos de verificação, ele constata que não há nenhum corpo no apartamento.

De volta a sede dos Vingadores, o Capitão América pede uma informação para a Vespa sobre o paradeiro do mercenário conhecido como Paladino, pois ele pode ter alguma coisa a ver com o desaparecimento de Cascavel.

Três horas depois, Paladino chega até a sede. Ele confirma que viu Cascavel, Áspide e Mamba Negra dois dias atrás, pois estavam hospedadas em sua cobertura desde a prisão da Sociedade da Serpente. O Paladino ainda informa que encontrou um bilhete em que o avisava que iam "caçar serpentes". A conversa é interrompida por um contato de Peggy informando sobre membros da Sociedade da Serpente que foram capturados em Bay Ridge.

Em Bay Ridge, o Capitão América vê dois integrantes da Sociedade sendo socorridos por ambulâncias. Pergunta a Sucuri o que aconteceu, mas ele não sabe ao certo. Diz apenas que um monstro que era só cabeça atacou a nave do grupo e jogou ele e Urutu pra fora. Seria Modok? Sucuri ainda confirma que Cascavel e as outras estavam a bordo.

De volta a sede dos Vingadores, o Capitão América pesquisa sobre Modok, mesmo tendo visto seu corpo no necrotério anos atrás. Pesquisando sobre a organização Ideias Mecânicas Avançadas (IMA), descobre que agora eles se dedicam à geração de armas especiais e até divulgaram a localização de sua unidade central. No andar de baixo, o Capitão se encontra com o Paladino e diz que irá ao Caribe falar com os engenheiros da IMA. Paladino entende o convite e aceita.

Mais tarde, o Capitão América solicita permissão para pousar em Boca Caliente. Paladino se preocupa. Esperava uma ação mais furtiva. Acha que os integrantes da IMA irão atacar. O Capitão o tranquiliza dizendo que o serviço secreto dos vingadores soube que a IMA está se legalizando... e que abandonaram as atividades terroristas. Chegaram até mesmo a mandar um folheto promocional detalhando seu redirecionamento. De fato, a permissão para pousar é concedida.

Minutos depois, o herói pede a John Jameson que deixe a nave preparada pra decolagem rápida. Ele e Paladino são recebidos por Alessandro Brannex, presidente da corporação. Eles seguem para a sede em um dos automóveis elétricos criados pelo grupo.

Dentro da sede, Capitão pergunta se ressuscitaram Modok ou fizeram outro semelhante... Alessandro diz que não, pois Modok causou-lhes prejuízos de milhões e jamais cometeriam o mesmo erro. O herói pede para ver as instalações, mas já espera a resposta de Alessandro, que diz que a equipe de segurança teria objeções.

Os heróis partem, mas o Capitão, de certa forma, conseguiu a resposta que queria. A reação de Brannex confirmou que existe um novo Modok. De repente, um sinal aparece no painel da nave. Cascavel! John Jameson também capta um objeto voador se aproximando rapidamente. O Capitão prefere manobras evasivas para não destruir o elemento surpresa. Depois de bruscas manobras, Capitão nota algo estranho em John... ele entrou em transe e está mergulhando a nave para a morte. O herói golpeia John e toma o controle, mas a nave está mergulhando rapidamente. Eles são obrigados a ejetar e a nave cai no meio do mar. Porém, quando pensavam que estavam em segurança, seus paraquedas são cortados por uma espécie de versão feminina de Modok.

Continua...
A+:

* Primeira edição desenhada por Rik Levins, que ficaria no título, junto ao escritor Mark Gruenwald, por cerca de três anos. Levins desenhou várias edições do grupo de super-heroínas chamado Femforce, para a editora AC Comics. Porém, antes de assumir a arte do Capitão América, já se familiarizou com outros vingadores na própria revista do grupo, a qual desenhou alguns números. Ron Lim assumiria a arte de personagens Marvel com temática cósmica, como a revista mensal do Surfista Prateado e as minisséries do Infinito, criadas por Jim Starlin.

2 comentários:

Anônimo disse...

"que a IMA está se legalizando... e que abandonaram as atividades terroristas" Hahaha, pobre Cap, já li centenas de vezes a mesma coisa sobre o IRA e o ETA.

A Modok fêmea é ASSUSTADORA e também muito engraçada.


Jovie

Marcos Dark disse...

Sabe como é, né? Por mais que um grupo como a IMA diz ter se regenerado, sempre há o perigo de um dissidente mais radical.

Deve ser engraçado alguém receber um selinho da nova Modok (que, aliás, se chama Modam). Mas deve ser assustador receber esse selinho.