quinta-feira, 20 de junho de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 400

 - Captain America 386 (Junho de 1991)
Publicada no Brasil na revista Capitão América 187 ("Diga-me com quem anda..." - parte 2)

História: 

* "For Righteousness's Sake" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Ron Lim, artefinalizado por Danny Bulanadi

Na sala de treinamento dos Vingadores, Capitão América descarrega sua raiva por ter deixado os Cães de Guarda escaparem levando Bernie. O pior é que nem mesmo o banco de dados do supergrupo pode dar alguma pista, pois os Cães começaram a atuar há pouco tempo.

De repente, uma visita um tanto brusca invade a sala de treinamento: John Walker, o Agente Americano. Ele ouviu no rádio que os Cães de Guarda estão agindo em Nova Iorque. Quando o Capitão confirma que os enfrentou e que uma amiga deles está como refém, o Agente diz que quer estar no resgate. Mas o Capitão prefere agir sozinho. Na verdade, Rogers leu o prontuário do Agente e constatou que ele matou vários Cães de Guarda "no cumprimento do dever". Lá dizia que eles chacinaram seus pais. O resgate requer calma e não vingança. O Agente diz que não está pedindo, mas avisando que vai participar do resgate. O Capitão lembra que, como líder dos Vingadores, ele decide quem vai às missões. O Agente diz que o Capitão não tem mais autoridade sobre ele, pois os Vingadores da Costa Oeste o expulsaram há dois dias. É quando o Capitão pede, já que ele não é mais um vingador, que se retire voluntariamente. O Agente o lembra de que salvou sua vida em Washington, quando enfrentaram o Caveira Vermelha, e está cobrando a dívida. Mas, quando o Capitão diz que não pretende comprometer uma missão em que uma vida está ameaçada, operando com quem tem reputação de perder o controle, o Agente entende a mensagem e se retira.

Mais tarde, Steve explica para John Jameson que o Agente Americano já foi conhecido como Superpatriota. O governo forçou sua entrada nos Vingadores da Costa Oeste, mas, quando as Nações Unidas encamparam a equipe, ele perdeu as costas quentes. Fabian traz possíveis pistas dos Cães de Guarda, inclusive com informações de desaparecimentos interessantes nas últimas seis semanas. Membros de um grupo de rap, uma atriz pornô, um fotógrafo erótico, o dono de uma livraria adulta, um comediante notório pelos palavrões, um defensor do aborto... entre outros. Através dessas pistas, chegam à conclusão que há uma possível nova vítima... "O controverso vernissage de Enrique Parquer, um artista plástico que usava pornografia como tema".

Visitando a galeria de Enrique, no Soho, Capitão América sugere fingir ser o artista no caso dos Cães aparecerem. Mas Enrique se nega, pois tem muito que fazer antes da estreia. O artista nem mesmo acredita que está correndo risco de vida, pois diz que, no dia anterior, um sujeito condenando suas obras também veio falar com ele. De qualquer forma, o Capitão deixa um cartão dos Vingadores com Enrique. O herói vai até o furgão estacionado perto da galeria e aguarda o ataque.

Duas horas e meia depois, dois homens escoltam Parquer pra fora da galeria sem o casaco. O herói pede a John que fique de olho neles enquanto ele também seguirá com a ciclovoadora. O truque é não perder os sequestradores de vista e, ao mesmo tempo, não ser avistado. Duas horas depois, o grupo pára diante de um hotel. O Capitão utiliza um aparelho de pulso, criado por Fabian, capaz de detectar e evitar dispositivos de segurança eletrônica.

Antes de entrar no hotel, cães atacam o Capitão América. Ele os atrai, pois pretende usar os animais para causar confusão ao invadir o prédio. Assim que entra, é seguido pelos cães e joga seu casaco sobre o líder da matilha, sendo que os outros caçam seu odor. Ao arrombar uma das portas, o Capitão encontra... Mike Farrel, seu antigo vizinho, preso em um dos quartos. Ele evita transparecer que, como Steve Rogers, o conhece pessoalmente.

Subitamente, e muito menos discreto que o Capitão, o Agente Americano invade o local. Com o discrição comprometida pela confusão causada pelo Agente, o Capitão se move para o térreo, na tentativa de procurar Bernie. De fato, logo abaixo, o Capitão encontra Bernie junto a outros sequestrados. Repentinamente, o herói sente alguém sorrateiro atrás dele. Ao voltar-se rapidamente... constata que é o Agente Americano.

Dez minutos depois, os reféns são libertados e os cães de guerra foram derrotados, muitos deles feridos... pela violência do Agente Americano, que encontrou o lugar seguindo o Capitão América (graças a um rastreador colocado furtivamente em seu escudo). Por outro lado, ninguém foi morto pelo Agente. Cinicamente, o Agente diz que ele realmente mudou... sua violência agora é mais gentil.

Mike Farrel sai do quarto onde está preso e procura o Capitão. Ele confessa que não está usando uniforme, mas também era um dos Cães de Guarda (algo que Bernie sabia e tentou avisar o herói). Mike diz que se uniu aos Cães por achar que defendiam uma moral mais elevada. Mesmo arrependido, se considera tão culpado quanto os outros. E está se entregando.

4 comentários:

Anônimo disse...

PARTE 400!!!!! PARABÉNS <3


Os Vingadores da Costa Oeste expulsaram mesmo o Walker ou a revista foi cancelada e usaram isso como desculpa????

"Cinicamente, o Agente diz que ele realmente mudou... sua violência agora é mais gentil" JW continua sendo um perigo. E agora não tema mais ninguém para ficar de olho nele!! Isso vai acabar mal.


Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

400!!! Conseguimos!!! Lembre que você faz parte muito muito muito importante dessa vitória. E todos aqueles que tem dado audiência para esse humilde espaço. Obrigado!!!!!!

A revista dos Vingadores da Costa Oeste nem precisava de desculpa para expulsar John. Digamos que o que precisavam... era oportunidade. E assim que saíram da barra da saia do governo, convidaram gentilmente o enlouquecido anti-herói a sair.

Com isso, como citou, realmente há um cão feroz à solta no Universo Marvel.

Anônimo disse...

Dark Marcos, obrigada querido, no entanto, o mérito é todo seu !!!!
Continue com o excelente trabalho <3

Se não bastasse o Ossos Cruzados por aí, agora o Walker também. E o Estrela Negra? Vai voltar a ser parceiro do JW??

Beijos
J.


Marcos Dark disse...

Nem o Estrela Negra aguenta a paranóia do Walker. Mas ele vai aparecer mais adiante.