quarta-feira, 15 de maio de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 378

 - Captain America 370 (Maio de 1990)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América 175 ("O Chamado da Caveira")

História: 

* "House Calls" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Ron Lim, artefinalizado por Danny Bulanadi

Capitão América consegue sair dos escombros da galeria que desabou durante a luta entre os capangas do Clube do Inferno e o grupo de Ossos Cruzados. Logo, é localizado por policiais e bombeiros que estão no local. Ele auxilia Cascavel, que também foi protegida por seu escudo, a sair do local. Ele presta esclarecimentos para a polícia, mas não sabe o real motivo da briga dos vilões. O herói chama Cascavel de parceira e pede que ela o siga até a sede provisória dos Vingadores.

O Capitão leva Cascavel até a base, mas, por motivo de segurança, venda seus olhos e só a deixa ver novamente quando já está lá dentro. Cascavel diz que Ossos Cruzados, Madre Noite e os outros vilões trabalham para o Caveira Vermelha e que eles estão atrás de Magneto por alguma razão. O vilão mutante, aliás, tem ligações com o Clube do Inferno, motivo pelo qual o grupo tentou invadir o local.

O mordomo Jarvis traz café para a dupla e lembra o Capitão de que ele tem um compromisso com o arquiteto que irá remodelar a base. Enquanto cuida de outros assuntos, o Capitão pede que John Jameson entretenha Cascavel.

Após atender o engenheiro Eric Masterson, o Capitão América é avisado sobre um alerta na Linha Direta... luzes acesas na Mansão da Caveira! Capitão, John e Cascavel seguem para o local.

De fato, ao chegarem à Mansão da Caveira, há uma luz acesa na janela. Alguém realmente entrou ali. O herói tem cautela na investigação, pois o Caveira Vermelha monitorava cada centímetro da propriedade. No entanto, ele segue para a porta da frente, pois tem ciência de que já sabem que estão ali. Lá dentro, o Capitão alerta Cascavel sobre os sons esquisitos que há pela casa. Porém isso o lembra do local onde eles poderiam ser manipulados. Ao subir pela escada... encontra o Caveira Vermelha! O herói sabe que se trata de um holograma. O que ele não sabe é que estão sobre um alçapão nas escadas, que se abre sobre seus pés. Cascavel e Capitão conseguem se agarrar nas laterais e sair da armadilha. Assim como os degraus da escada, o holograma do Caveira se foi. Eles terão que encontrar outro caminho.

Há ruídos vindo de uma sala adjacente. Dentro dela, vários "troféus" no que parece ser um museu sobre o Caveira Vermelha. Entre esses objetos, estão réplicas dos robôs conhecidos como Hibernantes... que começam a se movimentar e atirar contra a dupla. As versões reduzidas dos robôs não são tão perigosas quanto os originais... mas o ataque em uma sala tão pequena acaba as tornando mortíferas. Após uma longa batalha, no entanto, Capitão e Cascavel conseguem destruir as réplicas.

O holograma do Caveira Vermelha reaparece e pede que os siga até o andar de cima, onde alguém quer ver o Capitão. Chegando a um quarto, o herói encontra o verdadeiro Caveira Vermelha em uma cama... aparentemente desacordado. Ao chegar mais perto, o vilão desperta e saúda seu inimigo. O Caveira diz que estava pronto para morrer... e queria que o Capitão presenciasse... como da última vez... Mas quando o viu, seu ódio lhe deu forças e razão para continuar a viver. O Capitão se espanta com o tenebroso brilho nos olhos de seu inimigo. O Caveira pede que ele parta, pois o herói já serviu a seus propósitos e outro dia eles se enfrentarão. O vilão ainda explica que foi enterrado vivo por Magneto... mas conseguiu sobreviver. Ao se exaltar em jurar vingança contra o mutante... o enfraquecido vilão desmaia.

Ao sair da Mansão do Caveira, aparentemente abalado pelo que viu, o Capitão América diz a Cascavel que se impressionou com os olhos de seu inimigo... tão vazios... sem qualquer compaixão... E que ninguém tem olhos como aqueles... Ninguém. Todos esses meses, o Capitão América se recusou a acreditar que aquele era o verdadeiro Caveira Vermelha... mas agora ele sabe que o vilão conseguiu enganar a morte.
A+:

* Quando o Caveira Vermelha voltou a aparecer, depois de sua morte, aconteceu de forma tão repentina e pouco explicada (ou pouco verossímil) que não teve o exato impacto nos leitores. Isso é demonstrado através da descrença do próprio Capitão América, que não acreditava (até então) na volta de um inimigo tão implacável quando o Caveira. Com essa história, corrige-se esse fato trazendo o vilão a um status de maldade que independe de superpoderes, além de recordar sua horripilante personalidade.

* O Caveira Vermelha foi resgatado de sua prisão subterrânea, onde Magneto o abandonou para morrer, pelos seus asseclas Ossos Cruzados, Madre Noite e Mecanus. Para localizar o paradeiro de seu líder, utilizaram os poderes psíquicos do médium Tristam Micawber, o mesmo que auxiliou o Barão Zemo a localizar as pedras de sangue (bloodstone).

* A Madre Noite demonstra ter certa intimidade com o Caveira Vermelha. Apesar de ela ter sido a babá que cuidou de sua filha (Pecado), aqui ela chega a chamar o vilão por seu nome, Johann.

* Em uma das salas da Mansão do Caveira, há vários "troféus" lembrando suas aparições passadas como réplicas dos hibernantes, uma espécie de túmulo onde se pode ver a imagem de Bucky (não como homenagem, mas como troféu), fotos com Hitler, vários uniformes e máscaras que "emulam" o estilo dos desenhistas que fizeram o vilão desde que surgiu.

Nenhum comentário: