segunda-feira, 6 de maio de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 368


 - Captain America 361 (Novembro de 1989)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América 168 ("A Jóia do Desespero")

História: 

* "Lair of the Living Mummy" - Escrita por Mark Gruenwald e Kieron Dwyer, desenhada por Kieron Dwyer, artefinalizado por Danny Bulanadi

O Capitão América consegue escapar de um fosso cheio de cobras, escorpiões e aranhas graças a seu uniforme feito de microcota de malha. Também se posiciona embaixo de Cascavel, tendo tempo de lançá-la para fora do fosso. Ela, por sua vez, em um esforço doloroso, oferece seu braço ferido para tirar o herói de lá. Cascavel acaba deslocando o ombro e, quando o Capitão o coloca no lugar, sua parceira desmaia com a dor. Porém, basta apenas um instante que ele perca para recuperar seu escudo (que ficou preso na porta da armadilha) para notar que Cascavel... desapareceu.

O herói segue pela tumba egípcia, seguindo traços de pano envelhecido e chega até uma câmara onde encontra sua parceira, que foi sequestrada por... uma múmia viva. Na verdade, uma múmia com uma força descomunal. O herói enfrenta a criatura, mas logo descobre que ela estava ajudando Cascavel a curar seu braço. A Múmia grunhe em um dialeto egípcio. O Capitão não consegue entender, mas Cascavel, que aprendeu algo sobre a língua com Áspide, sua ex-colega na Irmandade da Serpente, consegue traduzir e descobrir que a Múmia se sentiu atraída por traços da pedra bloodstone nela. Melhor ainda, a própria Múmia carrega um dos fragmentos, pois, se conseguir os outros, poderá restaurar seu corpo. O Capitão pede o fragmento da Múmia, explica que a pedra está sendo caçada por vilões e promete que voltará para trazer os outros fragmentos. A Múmia confia no herói e lhe dá o fragmento.

Lá fora, nas areias, Zemo envia Batroc e seus asseclas para capturar os outros fragmentos com o herói. Capitão e Cascavel conseguem escapar dos vilões e alcançar a escada que leva até a nave. Porém, antes que consigam subir a bordo, a nave de Zemo começa a atirar na dupla.

Continua...
A+:

* Apesar do visual genérico, a múmia que o Capitão América enfrenta não é uma múmia qualquer. Trata-se de Múmia Viva, personagem obscuro das histórias de terror da Marvel, que teve sua própria série de histórias, publicadas na década de 70, na revista Supernatural Thrillers. No Brasil, chegou até mesmo a ter uma revista mensal, chamada A Múmia, publicada pela Bloch.

2 comentários:

Anônimo disse...

"Capitão o coloca no lugar, sua parceira desmaia com a dor." Vc notou q só quem se ferra é ela? Mais NINGUÉM dos outros q estão atrás das pedras estão se machucando tanto!

E o pai do John ficou sabendo dessa fase dele de lobisomem? E vc disse q ele era inimigo do Homem-Aranha, o Peter em algum momento ficou sabendo q o Homem Lobo era *filho* do cara q persegue ele nos jornais?
Mas ele não é tipo o Lobisomen/Jacob (lá da parte 333) né? Aquele não precisava de pedra da lua nem nada assim para se transformar. Eles se encontraram durante esse período???
Sabe o q é legal? No livro da Anne Rice "The Wolf Gift" (lançado ano passado) o cara q é mordido também chama a si mesmo de 'Man Wolf', ele não usa 'werewolf' para descrever o que está acontecendo com ele.
E aquele cara no fundo do avião vigiando eles é *assustador*!

Jovie

Marcos Dark disse...

Parceira estagiária é assim mesmo: só se ferra.

Quando John se transformou no Homem Lobo, seu pai ficou sabendo sim. Foi algo que aconteceu publicamente. Mas o que seu pai ficou mais irritado era saber que foi o Homem Aranha quem ajudou seu filho.

Ah, e aquele cara no fundo do avião ainda vai dar muito o que falar...