domingo, 21 de abril de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 353


 - Captain America 349 (Janeiro de 1989)
> Publicada no Brasil nas revista Capitão América 160 ("Gélidas Paragens")

História: 

* "Icecap" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Kieron Dwyer e artefinalizada por Al Milgrom

Em meio ao silêncio da noite, Steve Rogers, o Capitão América original, alcança a praia da Hidrobase, o Quartel General dos Vingadores. Ele não conseguiu transporte aéreo, mas encontrou pescadores que o deixaram próximo do local. Ao que parece, os Vingadores foram desativados enquanto ele esteve preso. Infelizmente, Steve não sabe o que aconteceu de fato, pois também não conseguiu se comunicar com nenhum deles.

O lugar parece desolado. Uma sombra espreita o herói e revela ser... Demo! Ele estava preso sob custódia da Comissão governamental e foi interrogado durante uma semana a respeito do paradeiro de Rogers. Não conseguindo informação, acabaram por soltá-lo. Como Demo realmente não sabia do paradeiro do Capitão decidiu também seguir para a hidrobase.

A dupla tenta encontrar um sistema de comunicação para contatar outros heróis. Assim que começam a busca, um helicóptero do governo sobrevoa o local. Do helicóptero, surge Estrela Negra, parceiro do atual Capitão América. Apenas Demo o reconhece, pois foi espancado por Estrela Negra na noite das cobras em Washington. Por isso, Demo não pensa duas vezes em partir pra cima dele. O Capitão tem que intervir no desentendimento e pede que Estrela Negra se identifique. Logo após, Estrela Negra explica que veio pedir ajuda de Rogers, pois havia ido ao Ártico atrás do terrorista Apátrida. Infelizmente o vilão levou a melhor sobre o Capitão América e prometeu matá-lo, além dos reféns, se o Capitão América original não fosse até lá. Apesar da Linha Direta do Capitão estar bagunçada, imaginou que os Vingadores saberiam de seu paradeiro. Estrela Negra ainda garante que não se trata de uma armadilha da Comissão, uma vez que eles nem queriam que fosse atrás de Rogers. O Capitão decide verificar sobre o Apátrida e ajudar.

O trio segue para o Ártico em um jato dos Vingadores. No local, Capitão não consegue contatar o Apátrida pelo rádio, encontrando apenas estática. Quando chegam à base, um estranho cenário se mostra. Os agentes do Ultimato estão atacando maciçamente contra seu próprio líder, que é o Apátrida. O Capitão e Estrela Negra saltam da nave. A Demo é designada a tarefa de ficar no local.

Capitão e Estrela Negra avançam contra os homens do Ultimato. Steve se lembra de que tirou a vida de um desses terroristas em uma situação semelhante. Dentro da base, o herói se pergunta porque os capangas do Apátrida estão atacando agora se seu líder tomou a base dias atrás. Há um tiroteio nos corredores, apesar dessa ser uma base científica. Para surpresa do Capitão, quem está atirando nos terroristas é justamente o Apátrida, que se defende com seu escudo original (já que o tomou de John Walker).

O Capitão avança mais ainda e pergunta ao Apátrida porque ele está atirando em seus próprios homens. Antes de explicar, o vilão pergunta qual foi a última frase que ele disse em seu último encontro, para constatar se realmente se trata do Capitão América original (já que ele está com o uniforme negro). Após a confirmação, Apátrida explica a descoberta que fez: suas operações estavam sendo financiadas pelo nazista Johann Schmidt, também conhecido como... Caveira Vermelha. Possivelmente, essa tenha sido uma ordem que surgiu antes da morte do Caveira, que aconteceu na frente de Rogers. Para piorar, eles têm pouco tempo para desarmar a Máquina do Juízo Final, que irá lançar um pulso eletromagnético pela Terra, desligando todo e qualquer aparelho elétrico. O Apátrida, que acha hipocrisia aceitar ajuda de um nazista para cumprir seus ideais, pede ajuda ao Capitão. O Capitão pede a Demo para pousar e, para surpresa de seu parceiro, embarca com o Apátrida. Quanto a Estrela Negra e Walker, eles serão resgatados depois.

Onze minutos depois, chegam até a base do Ultimato. Eles só têm sete minutos antes que todas as máquinas da Terra fiquem inoperantes. O Capitão pede que Demo abra a escotilha e circule. Enquanto isso pede que o Apátrida troque de escudo com ele. Finalmente, Steve age com seu escudo original.
 Na base, apesar do ataque de mais terroristas, o Capitão segue o Apátrida até a sala da Máquina. Porém, o vilão diz que não sabe desativá-la, pois não é um cientista. Mas levou o Capitão por pensar que ele soubesse como fazer isso, já que enfrentou o Caveira no passado.

Contatando Demo, o Capitão diz para ele arremessar o jato dos Vingadores no prédio central e tome cuidado para escapar antes do impacto. Seguindo o Apátrida por um corredor, o Capitão chega até o lado de fora da base e ouve uma explosão. É a nave, que explodiu antes mesmo de atingir a base, atacada pelos terroristas. O Capitão teme que Demo não tenha conseguido sair quando... uma segunda grande explosão destrói tudo.

Desesperado, Rogers mergulha nas águas geladas. É a mesma sensação (e situação semelhante) de quando perdeu seu primeiro parceiro, Bucky. Infelizmente, duas horas depois, não encontra nenhum sinal de Demo... nem mesmo um trapo do uniforme. A tragédia na vida do herói aconteceu de novo.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!!! Essa nova imagem está lindíssima <3


"o vilão levou a melhor sobre o Capitão América e prometeu matá-lo, além dos reféns, se o Capitão América original não fosse até lá." Olha só, nem o Apátrida quer saber da cópia fajuta do Cap!

"Quanto a Estrela Negra e Walker, eles serão resgatados depois." NUNCA também é uma boa opção.

Demo NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO

Demo não pode ter morrido, não pode! Eu adoro ele.
E lá vai Steven perder alguém q ele gosta. Coitadinho T.T

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Obrigado! Que bom que tenha gostado da nova capa. A intenção é atualizar mais pra deixar sempre mais agradável para vocês.

O destino foi irônico e cínico ao dar fim a Demo dessa forma. Muito trágico.