terça-feira, 16 de abril de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 348


 - Captain America 344 (Agosto de 1988)
> Publicada no Brasil nas revista Capitão América 157 ("Trocando de Pele")

História: 

* "Don't Tread On me" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Kieron Dwyer e artefinalizada por Al Milgrom

Capitão, Cascavel, Nômade e Demo interceptam os integrantes da Irmandade da Serpente em Washington. Descobrem que há integrantes infiltrados no novo grupo de Víbora, jurando fidelidade ao derrotado Coral. Um desses "espiões" é o vilão Cobra. Este tenta matar Víbora, mas é mal interpretado por Nômade que o impede e acaba fazendo com que o ácido do vilão atinja as algemas dela, proporcionando sua fuga, depois que ela envenena Demo. Cascavel administra o antídoto em Demo enquanto o Capitão persegue a vilã.

Deixando seus colegas cuidando dos vilões capturados em uma floresta próxima, Capitão segue para a cidade e descobre o caos causado pela vilã Víbora. O que os integrantes da Irmandade jogaram no reservatório de água não era veneno, mas uma espécie de mutagênico que faz com que a população se torne uma espécie de cobra humanoide, com escamas, presas, uma enorme língua e uma fome irracional. 

O herói segue para a Casa Branca, onde está Víbora, e descobre que o próprio presidente se tornou um réptil humano. Víbora tratou de transformá-lo mais ainda, deixando-o selvagem o suficiente para atacar o Capitão. O herói tem que lidar com os seguranças da Casa Branca, que o veem como invasor, ao mesmo tempo em que tem que defender o monstro que se tornou o presidente... que também quer matá-lo.

Os efeitos de transformação do presidente logo passam e o Capitão sai no encalço de Víbora. Para surpresa do herói, Cobra atinge Víbora e a entrega desacordada para ele.

Enquanto o Capitão salvava o presidente, o grupo de apoio do herói era encontrado e capturado pelo atual Capitão América (John Walker) e Estrela Negra, que os levam para a Comissão governamental. Esses, por sua vez, acreditam que isso irá intimidar Steve Rogers, já que, contra a vontade deles, voltou a atuar como herói.
A+:

* O presidente americano retratado nesta história é Ronald Reagan, que ocupou o cargo até Janeiro de 1989. A primeira-dama, Nancy Reagan também aparece na história, transformada em uma criatura réptil.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!!!

Eles precisam ser mais cuidadosos, afinal, estão lidando com a maravilhosa da Madame Hydra, ela não é qualquer vilãozinho.

"mas uma espécie de mutagênico que faz com que a população se torne uma espécie de cobra humanoide, com escamas, presas, uma enorme língua e uma fome irracional." ONDE está o Rattus quando uma coisa dessas acontece? Seria tãaaao legal ele ali no meio.....

Marcos, essa fase do JW tá durando demais, qdo ele vai desistir/morrer e Steve voltar a ser o Capitão América?
Só eu q não gosto desse uniforme preto dele? Steven não nasceu para usar preto, não combina com ele.

Por falar nisso, o q achou do novo uniforme do filme? Tá tão sem graça.

E o título dessa estória é alguma referência/homenagem ao poema do Yeats "He Wishes For the Cloths Of Heaven"? Tem um trecho assim: " I have spread my dreams under your feet; tread softly, because you tread on my dreams." OU nada a ver????????

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Putz! Coitado do Rattus...

Bom... a fase do Walker... ainda está se desenrolando. Vamos ver no que dá.

Não achei ruim o novo uniforme no filme, pois se assemelha ao que ele usou recentemente nos quadrinhos. Achei interessante.

Boa sacada da citação do Yates e é possível que tenha servido de inspiração. Mas não encontrei nenhuma afirmação sobre isso.