segunda-feira, 8 de abril de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 340


- Captain America 337 (Janeiro de 1988)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América n° 153 ("A Longa Estrada de Volta")

História: 

* "The Long Road Back" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Tom Morgan e artefinalizada por Dave Hunt

Voltando até a fenda onde seu furgão despencou, Steve Rogers tem uma grata surpresa: seus amigos Falcão, Nômade e Demo o estavam esperando. Já haviam até mesmo recuperado o furgão. Steve informa que vai voltar a agir, arrumar outro uniforme e se chamar apenas... Capitão. Demo, já se adiantando quanto à decisão, mostra que até mesmo já pediu para elaborar um uniforme preto para Steve, já que ele não pode usar vermelho, branco e azul. Indo contra a vontade do Falcão, Steve diz que não vai declarar guerra contra os funcionários da Comissão até que eles tenham realmente cometido algum crime.

Steve percebe que uma moça dorme no fundo do furgão. Trata-se da namorada de Nômade, chamada Andarilha. Ela não tem nenhum poder, apenas decidiu acompanhar o namorado usando uma máscara. A linha direta, que ficou sob responsabilidade de Demo, toca e informa que quatro criminosos uniformizados como cobras foram encurralados no Cassino Obelisco de Ouro, em Las Vegas, depois de roubar o cofre. Provavelmente, se trata da Irmandade da Serpente. Apesar de estarem a 1300 quilômetros do local, só conseguem chegar graças a Demo fretar um jatinho (lembrando que Demo era um famoso lutador e acumulou uma boa quantia para se manter). E o Capitão faz sua estreia.

Como o Steve Rogers não está vestido como Capitão América, sequer trazendo o escudo, a polícia local os considera apenas malucos fantasiados e ordena que se afastem. A ideia do Capitão é que Falcão leve o grupo todo voando até o telhado, um de cada vez (exceto a inexperiente Andarilha). No topo, ordena que Falcão fique responsável pela retirada dos reféns, enquanto ele, Nômade e Demo atraem a atenção dos criminosos, uma vez que pouco sabem sobre seus poderes.

Ao entrarem na cobertura, Capitão nota que nenhum dos quatro vilões eram conhecidos da Irmandade ainda. Os três heróis se viram como podem contra os criminosos. Capitão, mesmo sem seu escudo, consegue desvencilhar-se de dardos de veneno e nocautear seus oponentes. Quando acabam, chamam a polícia para recolhê-los. O policial fica muito irritado com o envolvimento dos três e ameaça prendê-los. Apesar de Demo se oferecer para pagar a fiança caso isso aconteça, o Capitão lembra que eles desobedeceram à lei e, seja qual for a penalidade cabível, vão concordar. Apesar disso, capturaram criminosos, salvaram quatro vidas e impediram um roubo. O Falcão lembra que só porque a Comissão tem a lei a seu lado, não quer dizer que não devam se opor a ela. Steve se pergunta: uma vez que uma pessoa decide desrespeitar a lei, como ela pode saber quando foi longe demais?
A+:

* A capa desta edição é uma homenagem a capa da revista Avengers nº 4, de 1964, onde o Capitão América ressurgiu após ficar congelado por décadas.

4 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!!

OMG, eu reconheci a capa assim q vi <3

O Sam vai ficar por um tempo? O Steve vai ter um grupo de amigos para lutar junto com ele ou isso vai ser coisa só de duas edições?

O Steve vai escolher um novo título e fica com 'Capitão'? É sério? Capitão nem é o grau mais elevado, ainda tem Major e Tenente Coronel e Coronel e General e sei lá mais alguns q não lembro agora, e ele vai usar 'Capitão'? Eu tenho a impressão q ele não poderia, disseram q não podia 'Capitão América', mas ainda assim isso está suuuuuper próximo do q era.

Ahh um uniforme preto? Anos 80, e ele de preto? OK, finalzinho, mas ainda era uma época de se usar aquelas roupas coloridas! Se bem q naquele vídeo q vc postou aqui, da primeira adaptação em live action do Cap, o uniforme usado nas filmagens também era preto né?

"Trata-se da namorada de Nômade, chamada Andarilha. Ela não tem nenhum poder, apenas decidiu acompanhar o namorado usando uma máscara." Q fofo, é tipo bonny e clyde, só q do lado da lei.

"Como o Steve Rogers não está vestido como Capitão América, sequer trazendo o escudo, a polícia local os considera apenas malucos fantasiados e ordena que se afastem." Argh, isso me revolta tanto...o Steven não tendo o respeito merecido e classificado como 'maluco fantasiado'; e pobre Falcão, ele ao menos deveria ter sido reconhecido!!!

O Cap vai arrumar um escudo substituto? (o q é tão errado já q o outro é dele não importa o que digam.)

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

O grupo rebelde vai ficar junto nessa fase sim. Afinal, o Capitão agora é tão marginal quanto eles.

Steve pesa muito na humildade às vezes. Por isso se manteve como "Capitão". Além do que, se afeiçoou ao título.

Uniforme negro marcava justamente esse fim dos anos 80 e o início dos (exageradamente) sombrios anos 90.

Interessante classificar Nômade como "do lado da lei". Ele, na verdade, pode até não parecer mas é o mais anti-herói de todos do grupo.

Quando presos, de fato o Falcão era o "menos desconhecido". Mas ainda era visto como o ex-parceiro do Capitão.

Quanto a um novo escudo, para isso terá a ajuda de um velho amigo. Só não sei quanto tempo vai ser um velho amigo.

Anônimo disse...

Af eu não entendo esse Mark! Primeiro ele exclui o Steve como se ele tivesse lepra, agora dá um novo grupo para ele? (Não q eu não goste, tô super feliz de ele estar lutando com o Falcão outra vez)

O q vi por aí dos anos 90, é a arte exagerada (e o Thor ganhou umas roupas horríveis), mas não parecia exatamente sombrio.

Nômade pode ser anti-herói mas não chega a ser vilão, daí o 'do lado da lei' :)

Beijos
J.

Marcos Dark disse...

Os anos 90 SÃO exagerados como um todo. Quase levou o mundo dos super-heróis (tanto Marvel quanto DC) a falência. Mas conseguiram sobreviver.