domingo, 17 de março de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 320


 - Captain America 320 (Agosto de 1986)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América n° 127 ("Justiça Para Quem Precisa de Justiça")

História: 

* "The Little Bang Theory" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Paul Neary e artefinalizada por Dennis Janke

No Lago Erie, o Capitão América é atacado pelo vilão conhecido como Mago da Água, que é capaz de criar construtos feitos de água. Mas o ataque tem um motivo peculiar: testar o Capitão para ver se é ele mesmo. O motivo é que o Mago da Água está assustado e pediu ajuda ao herói através de sua linha direta.

Desconfiado, o Capitão América chega até o local que é apresentado como Bar Sem Nome, onde supervilões se reúnem para fechar seus negócios. Dentro do local, uma cena aterradora. Os corpos de vários vilões mortos, crivados de balas. Assustado e abalado, o Mago da Água explica que só escapou, pois o pneu de seu automóvel furou no caminho para a reunião. Pede proteção do próprio Capitão América, que promete escondê-lo em um hotel enquanto investiga a chacina. Mais tarde, com a polícia no local, o Capitão explica que soube do ocorrido através de uma denúncia anônima em sua linha direta. No necrotério, o herói tem uma ideia para capturar o assassino.

Cerca de 150 km dali, em outro furgão, o homem que foi apelidado de Carrasco recebe um chamado. Seu assistente, um homem que se identifica apenas como Dominó, passa a localização de mais alguns vilões. Carrasco decide atacar aquela que está mais próxima, Cascavel, que se recupera em um hospital.

No hospital, Cascavel recebe a visita de outro integrante da Irmandade da Serpente, que a leva dali e parte em sua nave. O Carrasco chega ao local, mas só consegue atingir a fuselagem da nave.

Carrasco houve o noticiário onde se fala sobre o massacre no Bar Sem Nome. Para sua surpresa (e decepção), é informado que um dos vilões escapou. Miragem, provavelmente utilizando seu equipamento que gera holografia, acabou por enganá-lo. Carrasco, ainda assim, acha estranho, pois tem certeza de que verificou o corpo. Mas não descarta a possibilidade de ter falhado e envia seu ajudante, Dominó, para investigar.

Dominó constata que Miragem está vivo e o vê sendo levado pela polícia para uma cabana na floresta, onde, como testemunha, poderá ficar protegido. O que Dominó não sabe é que o Miragem... é o Capitão América disfarçado. O herói continua com o uniforme de Miragem dentro da cabana e aguarda a vinda do Carrasco na madrugada.

De fato, o Carrasco aparece furtivamente... e descarrega sua submetralhadora no "Miragem". Para sua surpresa, seu alvo é apenas um boneco e o Capitão América o ataca. O herói se defende com o escudo até que a munição do Carrasco termine. Alcançando-o na floresta, consegue desarmá-lo e tirando sua máscara. Não é ninguém que o Capitão América conhece. Capturado, o Carrasco conta sua história.

O pai do homem que ficou conhecido como Carrasco foi um famoso diretor de cinema. Sua especialidade eram os bangue bangues. Quando jovem, o Carrasco gostava de ver as filmagens realizadas por seu pai. Para ele, não se tratava de mera distração... havia uma grande lição de moralidade e justiça em cada história. Já seu irmão mais velho nunca viu as coisas do mesmo modo e acabou por se tornar um vilão uniformizado. 

Ao descobrir que o filho era um vilão, o diretor de cinema ficou extremamente magoado. Seu outro filho passou a odiar seu irmão por isso... e decidiu fazer algo a respeito. Com o que aprendeu no departamento de maquilagem, criou um disfarce... encontrou seu irmão... e o matou. A sensação de justiça o fez se sentir tão bem que decidiu devotar sua vida a esta causa. Usou a fortuna da família para financiar suas operações. Seus alvos, desde então, foram criminosos mascarados, como seu irmão.

Capitão considera que o Carrasco é um homem doente e o prende para levá-lo a um local que possa ajudá-lo. Porém, quando está levando seu prisioneiro... um tiro, vindo do meio da floresta, acerta em cheio o peito do Carrasco. Tentando salvá-lo, o Capitão ouve apenas alguém no meio das árvores dizer: A Justiça foi feita. O assassino foge, e o Carrasco morre diante do Capitão América.

Nenhum comentário: