quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 303


 - Captain America 303 (Março de 1985)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América n° 102 ("Duplo Desafio")

História: 

* "Double Dare" - Escrita por Mike Carlin, desenhada por Paul Neary, artefinalizada por Dennis Janke

Bernie, que tirava um cochilo no apartamento de Steve (na verdade, já era de madrugada) acorda com a chegada do Capitão América e Nômade. A dupla está desolada após a luta com Machete e Zaran, pois, no final, o escudo do Capitão foi roubado pelos vilões. O próprio Capitão está entristecido por motivo óbvio e Nômade por ter falhado com seu parceiro.

Em outro local, mais especificamente nas Indústrias Stane, o trio de vilões (os já citados Machete e Zaran, acompanhados pelo vilão Batroc) entregam o famoso escudo para um dos funcionários de Stane. O industrial mantém preso o homem que criou acidentalmente o escudo do Capitão América no passado. A intenção é reproduzir o mesmo acidente que criou a liga metálica e, com ela, criar uma armadura indestrutível.

Capitão e Nômade saem para mais uma ronda noturna, com a esperança de encontrar os ladrões do escudo. No meio do caminho, Nômade sugere que eles deviam se separar um pouco. O Capitão aceita a ideia, mesmo porque isso aumentaria a área de atuação dos dois. 

Em um bar, Batroc está completamente bêbado e comemora com seus dois comparsas o roubo do escudo e a gorda recompensa paga por Obadiah Stane. Zaran e Machete lembram que eles é que fizeram todo o serviço e que, talvez, Batroc não seria capaz de enfrentar o Capitão. Completamente embriagado, Batroc vê seu orgulho ferido e sai à procura do Capitão. Os dois outros vilões o seguem mais para se divertir com o vexame que está por vir.

De fato, Batroc encontra o Capitão América e o enfrenta. O herói, percebendo que Batroc está bêbado, prefere mudar de tática: negocia a informação sobre o paradeiro de seu escudo e, em troca, deixará Batroc o acertar sem resistência. O vilão acaba dando com a língua nos dentes e o Capitão cumpre sua promessa, sendo atingido por um poderoso golpe dele. Poderoso, mas não o suficiente para derrotá-lo. O herói se recupera e nocauteia Batroc. Seus dois comparsas, assustados com a força do Capitão, pegam o dinheiro de Batroc e fogem.

Agora, o Capitão América sabe que seu escudo está em poder das Indústrias Stane... e fará tudo para recuperá-lo.

Continua...
A+:

* Obadiah Stane foi criado como um dos grandes vilões das histórias do Homem de Ferro. É também conhecido como o vilão do primeiro filme do herói, assumindo a armadura do Monge de Ferro.

* Apesar de não ser citado nessa história, o nome completo do homem que acidentalmente criou o escudo do Capitão América é Myron MacLain

4 comentários:

Anônimo disse...

OMG, o Stane! O Tony também vai aparecer?

Em Ultimate Spider-Man, sabe o desenho animado, não a HQ, *nem* o Peter respeita o Batroc. Esse cara deveria se aposentar!

beijos
J.

Marcos Dark disse...

O Homem de Ferro não vai aparecer porque, na época, ele estava muito ocupado enfrentando... Stane! Pois é, são as primeiras aparições do empresário, que incomodou o não só o Homem de Ferro como também seus amigos.

Muuuuito lá na frente, Batroc vai ter uma abordagem interessante. Sabe como é... TUDO criado por Jack Kirby rende respeito entre escritores e desenhistas mais atuais.

Anônimo disse...

Sério?!! É tãaaao difícil imaginar o Batroc como uma personagem respeitável ou menos time E.

J.

Marcos Dark disse...

Na verdade, Batroc é o típico vilão de segunda categoria. Porém, é um dos personagens que liderada essa mesma categoria.