quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 289


- Marvel Super Heroes Secret Wars 11 (Março de 1985)
> Publicada no Brasil Guerras Secretas, pela Panini ("... E do Pó ao Pó")

História: 

* "... And Dust to Dust" - Escrita por Jim Shooter, desenhada por Mike Zeck, artefinalizada por John Beatty

Agora, dotado com o poder de um deus, Doutor Destino estarrece a todos os heróis ao retirar sua máscara... mostrando que curou todas as suas cicatrizes. Destino não tem a intenção de lutar, mas dialogar. Essa atitude enfurece o grupo de vilões, agora liderados pelo Homem Molecular. Este, por sua vez, separa Destino dos heróis deslocando uma enorme parte da crosta do planeta.

Os heróis perdem contato com Destino e voltam para a base. Observam parte da cidade terrestre de Denver, trazida para formar o planeta das guerras secretas, simplesmente levitar e sumir no espaço (isso é obra do Homem Molecular que, após discutir com Destino, teve sua mente desbloqueada de receios psicológicos, permitindo que usasse seu poder mais plenamente; com isso, junto ao grupo de vilões, decide usar seu poder para levar Denver de volta para casa.)

No meio da noite, os heróis são despertados com o grito da Mulher Aranha. Ela explica que viu Destino remontar o corpo do Garra Sônica com o que restou dele... e levá-lo embora. Antes de partir, Destino ainda restaurou a Capitã Marvel. A Mulher Aranha mostra que Destino deixou um recado para os heróis: "Vocês estão convocados pra a Torre de Destino no crepúsculo de amanhã".

No dia seguinte, os heróis ouvem Destino explicar que, agora que é onipotente, sente-se completo e sereno. Os sombrios e agitados desejos que já o impulsionaram no passado não existem mais. Também tem a intenção de corrigir alguns erros do passado, começando por ressuscitar Kang e devolvendo-o para sua época, no futuro. Destino também revela que cuidou para que Galactus fosse resgatado no espaço por seu arauto, a mulher chamada Nova. Oferece aos heróis a realização de qualquer desejo, mas eles, temerosos, recusam. Pede então que partam e não o incomodem... sob a ameaça de serem exterminados.

Na saída da Torre de Destino, os heróis percebem que a Mulher Aranha não se encontra entre eles. Capitão América retorna sozinho e explica a situação para Destino. Enquanto o Garra Sônica procura pela heroína, Destino explica que tem a intenção de resgatar a alma de sua mãe do inferno regido pela entidade conhecida como Mefisto. A Mulher Aranha é encontrada, se mostra um tanto desorientada, pois diz que não sabe como adormeceu nos corredores da torre, e retorna com os heróis para a base.

Os heróis se reúnem e o Capitão América ainda se preocupa com Destino. Apesar de o vilão afirmar que mudou, o fato de restaurar suas cicatrizes e desejar resgatar sua mãe mostra que ele não está longe de tentações humanas, como disse. Isso, inclusive, mostra que Destino pode até mesmo voltar a ser o vilão ambicioso que todos conhecem, com a diferença de agora ser onipotente. Em uma votação, os heróis decidem por unanimidade, que devem confrontar Destino. No exato momento dessa decisão, um raio cai na sala de reuniões... matando a todos.

Continua?

Nenhum comentário: