domingo, 27 de janeiro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 279


 - Marvel Super Heroes Secret Wars 1 (Maio de 1984)
> Publicada no Brasil Guerras Secretas, pela Panini ("A Guerra Começa")

História: 

* "The Wars Begins" - Escrita por Jim Shooter, desenhada por Mike Zeck, artefinalizada por John Beatty

A estranha estrutura que apareceu no meio do Central Park levou os Vingadores para outra parte do universo, onde outros heróis também parecem ter sido capturados. Aparentemente, todos estão confusos pelo repentino sequestro. Após uma breve apresentação, descobrem que outra estrutura se materializou próxima a eles e que nela estão vários vilões.

Todos ficam estupefatos com o que veem em seguida. Todas as estrelas a sua volta, toda uma galáxia, é devastada diante de heróis e vilões e, em seu lugar, um novo planeta se forma próximo à única estrela restante. Em seguida, uma fenda se abre no espaço e uma poderosa voz se apresenta como o responsável pelo sequestro dos heróis e vilões, pela destruição daquela galáxia e pela criação do novo planeta. Também revela que a intenção é que os dois grupos lutem e que o grupo vencedor terá todos os seus desejos realizados. Galactus, um dos integrantes da estrutura dos vilões, e o mais poderoso entre eles, investe contra a fenda sapiente, seguido pelo vilão Doutor Destino. Ambos são repelidos como moscas, demonstrando o poder da entidade, chamada Beyonder.

Em seguida, as estruturas são lançadas ao novo planeta, dividindo-se em suas posições. Ao chegar próximo ao solo, os heróis são tele transportados para a superfície. Capitão América assume uma posição de liderança, o que é aprovado pelos demais devido a sua experiência em campo. Há um pequeno desentendimento interno devido ao vilão mutante Magneto estar entre os heróis. Magneto, diante das hostilidades, prefere partir.

Os heróis percebem que um disparo é feito, destruindo uma nave. Chegando próximo local dos destroços, descobrem que seu ocupante é o Doutor Destino, que só não morreu devido ao campo de força de sua armadura. Destino procura por Reed Richards, o Senhor Fantástico do Quarteto Fantástico. Capitão América tenta ajudá-lo a se levantar, mas o orgulho de Destino faz com que ele ataque os heróis para se afastarem. Antes de qualquer retaliação, percebem que os vilões da outra estrutura estão atacando.

Continua...
A+:

* As Guerras Secretas da Marvel não tinham exatamente a pretensão de se tornar um evento dentro da editora. Mas acabou por se tornar um dos maiores campeões de venda daquela época. A intenção inicial era criar um encontro entre personagens para o lançamento de uma linha de brinquedos, feitos pela Mattel, baseada neles (concorrendo com a sua principal rival no mercado, a DC Comics, que iniciou a venda desse tipo de produto com seus heróis, feitos pela Kenner). A linha de brinquedos Secret Wars não alcançou o sucesso desejado, mas a minissérie sim, ultrapassando as expectativas.

* Participando das Guerras. Do lado dos heróis temos: Vespa, Mulher-Hulk, Capitã Marvel, Capitão América, Thor, Gavião Arqueiro, Homem de Ferro, Professor X, Tempestade, Noturno, Vampira, Cíclope, Wolverine, Colossus, o dragãozinho Lockheed, Hulk, Homem-Aranha, Senhor Fantástico, Tocha Humana e Coisa; do lado dos vilões temos: Encantor, Ultron, Homem Absorvente, Destruidor, Maça, Bate-Estaca, Aríete, Kang, Galactus, Lagarto, Homem Molecular, Doutor Octopus e Doutor Destino.

* Na primeira publicação dessa saga no Brasil, a Editora Abril modificou muito tanto no roteiro quanto na arte. Chegou ao ponto de apagar personagens da história. A Capitã Marvel, por exemplo, foi apagada por não ter sido apresentada nas revistas mensais da editora. Isso ocorreu devido a Guerras Secretas estar em um momento cronológico adiantado em relação às histórias da Marvel publicadas na época. Esse adiantamento visava aproveitar a venda dos bonecos articulados ligados à série, que chegaram ao Brasil praticamente ao mesmo tempo em que foram produzidos nos Estados Unidos.

* Entre as diferenças cronológicas encontradas na série: Homem de Ferro não é Tony Stark, mas sim Jim Rhodes; Hulk não é o monstro selvagem, mas tem a mente de Bruce Banner no controle; Professor Xavier pode andar.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!!

OMG, até eu já ouvi falar sobre as Guerras Secretas!

O q fizeram com o cabelo da Tempestade! Tá horrível, coitada.

"Magneto, diante das hostilidades, prefere partir." Awww tadinho do Magneto, sendo discriminado! Sem contar q eles poderiam tê-lo usado como agente duplo.

Eu amei o Lockheed, quem não quer um dragão como bichinho de estimação?!

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

É... até a Tempestade teve seus dias de punk anos 80.

E o Lockheed é uma figura mesmo. Seu nome também é um apelido carinhoso que Kitty Pryde deu a nave do grupo.