domingo, 20 de janeiro de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 270


 - Captain America 285 (Setembro de 1983)
> Publicada no Brasil no Almanaque do Capitão América nº 86, pela Editora Abril ("O Último Adeus")

História: 

* "Letting Go" - Escrita por J. M. DeMatteis, desenhada por Sal Buscema, artefinalizada por Kim DeMulder

O Capitão América corre desesperado pela cidade, mostrando urgência em chegar a seu destino. Nem mesmo um grupo de assaltantes no meio do caminho é capaz de prender muito sua atenção. Jogando seu escudo no local certo, ele derruba os meliantes... e continua a correr. Seguindo-o com certa dificuldade, está Nômade. O novo herói vê o Capitão chegar até um prédio de apartamentos, onde parece estar o motivo de sua pressa.

Dentro do prédio, Capitão América se encontra com um médico que tem cuidado de um senhor idoso. Esse senhor, agora muito fraco e visivelmente abatido em sua cama, já foi o herói conhecido como... Capitão América!

Quando Steve Rogers, o Capitão América original, sumiu durante uma missão (vindo a ficar congelado e acordar décadas depois), outros heróis assumiram seu uniforme e identidade. Jeff Mace, o homem que convalesce na cama, já foi conhecido como o super-herói chamado Patriota. Mas também foi o terceiro homem a assumir a identidade de Capitão América. Infelizmente, Mace lutou contra o câncer, mas sua batalha parece ter chegado ao fim. Seu último pedido é se despedir do primeiro Capitão América. Quando Steve chega ao quarto, no entanto, ele está desacordado. Mas ficará alerta quando o momento final chegar.

Ao anoitecer, Steve e Bernie estão desfrutando momentos românticos... quando seus vizinhos chegam trazendo pizza. Como já atrapalharam o clima mesmo, aquilo se torna uma reunião de amigos para degustar a tal pizza. No meio do "jantar", o médico de Mace dá o recado, através do mordomo Jarvis. Steve sabe que a hora chegou.

No meio do caminho, o herói é detido pelo supervilão Porco Espinho, que traz uma nova armadura, carregada de espinhos mortais e com o mais variado armamento. Nômade até descobriu os planos do vilão, já que seguiu uma câmera voadora que seguia o Capitão, mas foi facilmente dominado por ele. O Capitão está distraído com a urgência em chegar até Mace e precisa da ajuda de Nômade. Este, inseguro, faz o que pode para ajudar. Mas é o próprio Capitão, fingindo-se de ferido, quem consegue ludibriar o Porco Espinho.

Capitão América chega ao apartamento apenas para ouvir Mace sussurrar que foi uma boa vida. Então... o Patriota... o terceiro Capitão América... encontra seu fim. Mas parte com o sentimento de dever cumprido e feliz por ter honrado o herói que Steve representa.
A+:

* O Porco Espinho criou a nova armadura com o intento de vendê-la para o novo Império Secreto, grupo que, em sua versão anterior, era formado por políticos de alta patente, fato que chegou a tirar a fé do Capitão América em sua própria nação. Alex Gentry, identidade do vilão, decidiu vender sua própria invenção porque já estava cansado de ser um vilão derrotado e de segunda. Para provar como a nova armadura era eficiente, propôs um teste contra o Capitão América. E, novamente, ele foi derrotado... e continuou sendo um vilão de segunda.

* Segundo a cronologia Marvel, Jeff Mace deixou de atuar como Capitão América em 1949.



Nenhum comentário: