segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 248

 - Captain America 264 (Dezembro de 1981)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 46, pela Editora Abril ("Os Arquitetos Mentais")

História:

* "The American Dreamers" - Escrita por J. M. DeMatteis, desenhada por Mike Zeck, artefinalizada por Quickdraw Studios

Voltando de uma missão na Argentina, Capitão América é recepcionado com grande ovação pelos povo americano. Não esteve na América do Sul como super-herói. Na verdade, foi nomeado diplomata pelo próprio presidente Kennedy (que cumpria seu sexto mandato) para negociar a unificação das Américas.

Seguindo para a Mansão dos Vingadores, o herói encontra Bucky, seu ex-companheiro de luta, que agora é líder do grupo. Eles relembram batalhas passadas, como a derrota do robô Ultron e sua mais perigosa criação, o sintozóide Visão. No entanto, o Capitão América se sente estranho ao lembrar de algo, que não sabe detalhar o que é. Achando que está cansado da viagem, vai para seu quarto e liga a TV. Parece ter uma alucinação, ao ver uma mulher alertando que as coisas não são o que parecem.

Em seguida, encontra-se com seu amigo, o deputado Sam Wilson. Porém, em um lampejo, enquanto estão conversando, Steve Rogers se vê tendo seus sapatos engraxados pelo humilde... Sam Wilson. Surpreendentemente, um homem agride Sam apenas por ele ser negro. Mesmo com Steve reagindo, o homem vai embora calmamente, prometendo processá-lo. Sam se conforma com essa condição... pois ele é negro e nada pode ser feito para mudar isso.

Novamente as coisas mudam. Steve e Sam agora são crianças e estão indo se brincar em um parque de diversões. No carrossel, o jovem Steve Rogers sente uma mulher alertando para que ele descubra a verdade. Assustado, Steve corre para longe do parque, seguido por Sam, e se deparam com uma espécie de parada em comemoração ao nazismo, lembrando quando a America foi conquistada. Seguindo as tropas, que são recebidas com alegria pela população, estão os prisioneiros derrotados nessa conquista: os negros, os judeus e os mutantes.

Agora com seus uniforme de Capitão América e Falcão, os heróis reagem contra os nazistas, libertando os mutantes conhecidos como X-Men, que os auxiliam na batalha.

Loge dali, o cientista Morgan Hardy percebe que seu maquinário não está funcionando bem. Ele lembra de tempos melhores do passado, até que o incêndio de São Francisco, em 1906 acabou com tudo. Desde então, dedicou sua vida a trazer a glória do passado de volta. Para tanto, recrutou pessoas que apresentavam poderes mentais e as ligou em seu difusor mental, que era capaz de alterar a realidade. Mas a personalidade dos quatro escolhidos, na verdade, estava bagunçando a realidade perfeita que imaginara. A primeira cobaia colocava suas divações racistas; a segunda, um garoto, seus sonhos infantis; a terceira, lembrava os dias de glória do nazismo; e a quarta, percebendo o perigo, conseguiu contatar o Capitão América.

O herói consegue derrotar os nazistas e, com uma nave dos Vingadores, parte para o local da emanação de energia onde está o difusor mental. Chegando ao local, vê Hardy no comando da máquina. O cientista também se conecta ao seu maquinário e faz com que o Capitão América comece a sumir da realidade. Mas, em seu desespero, ele perde o controle e começa a destruir a própria realidade. Tal esforço faz com que haja uma sobrecarga em sua máquina, matando Hardy e as duas primeiras cobaias. Apenas o garoto e a mulher que contatou o Capitão sobrevivem.

Os três ainda vão se lembrar da bizarra aventura, como destaca o Capitão: "Nós vamos ter que guardar tudo na memória e rezar pra que ninguém mais tente destruir o nosso bem maior... a liberdade que cada um tem de viver, agir e pensar.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!!!!

Mesmo não sendo real, eu amei a ideia do Cap como diplomata!!

Participação do Sam <3 <3

"parada em comemoração ao nazismo, lembrando quando a America foi conquistada" um dos piores pesadelos do Cap!! Em 'Misfits' tem um episódio assim, os nazistas venceram, e no fim a Kelly volta no tempo e soca Hitler e impede toda a tragédia q acontceu (só na série)por causa disso. 3ª temporada, 4º episódio se te interessar.

O Hardy só encontrou os piores tipos de telepatas (ou o q eles fossem)! [Agora isso me lembrou 'Akira']

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Akira! É mesmo! Até mesmo a sala onde ficam presos lembra muito. E olha que essa história foi publicada anos antes de Akira.