segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 241

 - Captain America nº 256 (Abril de 1981)
> Publicada no Brasil no Almanaque do Capitão América nº 35, pela Editora Abril ("Fantasmas do Passado")


História:

* "The Ghosts of Greymoor Castle" - Escrita por Bill Mantlo, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Frank Giacoia, Al Milgrom e Dave Simons

Ainda na Inglaterra, Capitão América aproveita o tempo livre para visitar locais onde batalhou na Segunda Guerra Mundial. Chega até o Castelo Greymoor, palco de uma emboscada onde ele e Bucky foram capturados e reduzidos de tamanho pelo cientista Cedric Rawlings.

Entre várias recordações, Capitão América passeia por dentro do castelo sem notar que uma das armaduras abandonadas parece ter criado vida e o está seguindo. Quando percebe, já é tarde demais, pois o golpe da mesma (que se mostra estar ocupada), destrói uma porta, por onde ele desaba até o local onde ficava o poço dos mortais Raios Z que, na época na época em que foi capturado, serviria para sacrificá-lo. Sem a proteção de chumbo do poço, a queda do herói se torna fatal.

O Capitão América tem a chance apenas de agarrar-se a uma das cordas do local, mas o mau jeito da emergência faz com que seu pouso o desacorde, apesar de escapar do poço. A criatura de armadura o segue e, estranhamente, o leva para um local, onde cuida para que ele esteja bem. É então que um homem se revela por dentro dela, trata-se do próprio Cedric Rawlings, envelhecido, com o rosto deformado devido as turbinas do fogues V2 que testavam décadas atrás, totalmente arrependido do que fez, principalmente por perder sua irmã, que foi atingida pelo tiro de um oficial nazista.

Cedric, além de decadente, se mostra totalmente transtornado com o que ele diz ser a presença de fantasmas no Castelo Greymoor. Fantasmas de sua própria irmã e do oficial nazista que lhe dava ordens. Assim que relata a história assustadora, um barulho é ouvido no castelo, confirmando que o local está assombrado. O Capitão Améria, porém, seguindo o som, se depara com alguém que atira discos de ácido e continua fugindo (o que evidencia que não se trata de um mero fantasma). Ao alcançar o fugitivo descobre que se trata do supervilão Druída, que tenta afugentar Cedric do local para apoderar-se do livro sagrado dos antigos druídas, que acredita estar escondido no castelo.

Druída, com seus discos de ácido, destrói o piso abaixo dos dois, fazendo com que o Capitão, novamente, esteja prestes a cair no poço de raios Z. O herói agarra-se a borda do piso restante, com Druída logo acima, prestes a derrubá-lo. Cedric aparece e pula no vilão, jogando-se com ele no poço. O herói tem tempo apenas de salvar Cedric. Druída mergulha no poço e morre.

Durante a batalha com Druída, um dos golpes atingiu uma das paredes, fazendo um som como se fosse oco, lembrando-se disso, o Capitão América abre o local e encontra o livro dos druídas. Apesar de entregar para Cedric, o cientista prefere que o herói o leve. Este, então, decide entregar o livro para sua colega mística nos Vingadores, a Feiticeira Escarlate.
A+:

* A história referente a captura de Capitão América e Bucky por Cedric foi apresentada em Tales of Suspense 71, como mostrado aqui no Diário. Para saber mais sobre essa aventura: http://quadrinhosdarkmarcos.blogspot.com.br/2012/06/o-diario-de-steve-rogers-parte-54.html

* Apesar do Capitão América demonstrar conhecer o Druída apenas pela sua má fama, os dois já se enfrentaram no passado, ocasião em que o herói também lutou com uma de sua invenções, o Alquemóide, como visto aqui no Diário. Para saber mais sobre essa aventura: http://quadrinhosdarkmarcos.blogspot.com.br/2012/11/o-diario-de-steve-rogers-parte-190.html

* Após a saída da equipe criativa formada por Roger Stern, John Byrne e Josef Rubinstein, o título do Capitão América procurava seu rumo. Essa é a primeira edição onde equipes diferentes se revezam para dar continuidade ao título.

Nenhum comentário: