quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 231

 - Captain America nº 246 (Junho de 1980)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 54, pela Editora Abril ("O Gosto Amargo da Vingança")


História:

* "The Sins of the Fathers" - Escrita por Peter B. Gillis, desenhada por Jerry Bingham, artefinalizada por Al Gordon

Um estranho acidente aumentou a força física de Joe Smith de forma sobre-humana e ele utilizou isso para se tornar um astro da TV (após um breve encontro pouco amistoso com o Homem Aranha). Participando de um seriado onde interpretava um super-herói chamado Morcego Escarlate, logo viu sua carreira decair devido a baixa audiência. No entanto, no decorrer das gravações apaixonou-se por uma das argumentistas e eles se casaram.

Abandonando de vez a carreira para dedicar-se a família, Joe enfrentou o drama de seu filho nascer com um defeito congênito. A mãe, não aceitando criar um filho excepcional, abandonou os dois e Joe teve que criá-lo só.

O filho de Joe teve uma violenta convulsão na escola e, mesmo sendo levado as pressas para um hospital, veio a falecer. O professor que socorreu o garoto era colega de trabalho de Josh, o novo vizinho de Steve Rogers.

Paralelamente, o Capitão América investiga os ataques de um suposto vilão que demonstra ter superforça. Sabendo da história contada pelo colega de Josh, o herói chega a conclusão que pode ser Joe Smith, que voltou a manisfestar seu poder e está se vingando de pessoas ligadas a instituições que, de uma forma ou outra, vetaram melhorias quanto aos cuidados com crianças excepcionais.

A última vítima da lista de Joe é justamente o professor que socorreu seu filho. Atacando-o quando este estava dentro de um trem, é detido pelo Capitão América que seguia o professor. O herói, sabendo que Joe não era exatamente o vilão que parecia ser, mas apenas um pai transtornado com a realidade, ainda o deixou em choque com uma verdade: ele poderia não só culpar as instituições, mas a si mesmo por ser parte do problema. Afinal, o fato dele ganhar superforça de forma incomum, pode ter influenciado no problema congênito.

Joe reconhece que precisa de ajuda e o Capitão América garante que ele seja levado por profissionais que cuidarão de seu caso.

"O que aconteceu com Joe foi tão trágico quanto o que houve com seu filho. E a luta continuará por muito tempo. Uma luta que a maioria das pessoas conhece pelo nome de... vida."
A+:

* O personagem Joe Smith (literalmente um Zé da Silva) foi visto nos quadrinhos apenas em 1966, em um história do Homem Aranha, quando este ainda era desenhado por Steve Ditko. Mas, com um nome destes e um poder tão comum, era natural que esse "vilão" não tivesse lá muito destaque no universo Marvel.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!

Nossa, Marcos, que estória triste!! E esse novo endereço do Steven tá cheio de pessoas que atraem problemas! Vai aparecer algum fantasma ou algo assim? Porque o cenário está perfeito para isso :)

Beijos
Jovie

Marcos Dark disse...

Creio que não. Esse novo endereço talvez traga o clima menos pesado que Steve tenha encontrado até agora. E, quem sabe, até um novo amor.