quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 126

 - Captain America nº 126 (Junho de 1970)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 11, pela Editora Abril ("O Destino do Falcão")


História:

* "The Fate of the Falcon" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Frank Giacoia

O Capitão América vai até o Harlem para encontrar seu amigo Falcão em uma situação peculiar. Ele está ferido e cercado pela polícia em um prédio. Tudo não passa de uma emboscada da gangue liderada pelo vilão conhecido como Cabeça de Diamante, que está aterrorizando o bairro.

Capitão América entra no prédio e todos imaginam que ele irá capturar o Falcão. Lá dentro, o herói tira o uniforme e sai pela porta da frente como um civil (lembrando que sua verdadeira identidade voltou a ser desconhecida), informando que o Capitão América disse estar tudo sob controle. Em seguida, o Falcão, vestido com o uniforme do Capitão, consegue passar rapidamente, enganando a todos.

Os dois heróis investigam os cabeça de diamante e descobrem que está para acontecer uma guerra de gangues entre eles e os integrantes da Maggia. Ao desbaratar uma operação criminosa, a dupla descobre que o Cabeça de Diamante é, na verdade, um dos integrantes da própria Maggia, que está incitando essa guerra, algo que é detido graça aos heróis.

8 comentários:

Venerável Victor disse...

Nossa, nunca tinha ouvido falar desse vilão e o Falcão, realmente usou um uniforme com essas cores, quando tinha visto na net uma imagem dessa fase , achei que era erro de colorização, ledo engano meu, pensar que ele sempre usou vermelho e branco...

Dark Marcos disse...

Pois é. Vilão setentista tinha um quê de descartável mesmo. Caso do Cabeça de Diamante.

E os modelitos setentistas também acompanhavam essa tendência e os transferiam para a... hã... moda da época.

Anônimo disse...

Olá!!

DM, eu não estou duvidando do seu super conhecimento Jedi sobre quadrinhos, mas tem certeza de que as mesmas pessoas que desenharam essa capa são às da parte 125?? O desenho está tão....hum...menos charmoso q o anterior.

Aww Cap foi lá e ajudou o Falcão <3 Mas eles ainda precisam limpar o nome deste.

Putz, *finalmente* a Maggia reapareceu. Tipo assim, vc nunca mais tinha falado deles, né!

Olha, o Cap é uma boa pessoa e tal, mas uma 'guerra' entre organizações criminosas rivais é algo do qual Cap e os outros mocinhos poderiam se beneficiar, sabe.

Beijos
Jovie

Dark Marcos disse...

Na verdade, Jovie, quem fez a capa da parter 125 foi a desenhista Marie Severin. Os créditos que eu coloco referem-se a história.

A Maggia reapareceu, mas note que a principal organização criminosa abordada até então é a IMA. Isso porque esse grupo era o principal rival da SHIELD, com quem o Capitão tinha ligação no ínicio.

E uma guerra entre organizações não é tão benéfico quanto se possa parecer. Afinal, quem vencer pode se tornar mais forte com os remanescentes dos derrotados. Além do que, há o risco de se ferir civis em um conflito. Homem Aranha e Demolidor sabem muito bem o custo que uma guerra destas pode ter.

Anônimo disse...

Isso faz todo sentido vez q o estilo estava bem diferente :)

Ah, você está certo! Tinha pensado algo mais do tipo 'deixe que eles se destruam e enfraqueçam e depois lidaremos com o que sobrar'!
Até porque eu não cogitei q um dos lados assimilassem os derrotados. [Se eu fosse a organização vencedora, exterminaria os que perderam para mandar uma mensagem bem clara para os demais grupos e firmar minha posição.
Hum....esse meu pensamento me assustou um pouco agora, lol]

Algum arco específico do Demolidor para eu ler sobre?

Beijos
J.

Dark Marcos disse...

O seu pensamento pode ter te assustado... mas eu AMEI! O Mário Puzzo, então, estaja onde estiver, deve estar completamente apaixonado por você!

Existe um arco chamado Guerra de Gangues (nada mais claro, não?) dentro das histórias do Homem Aranha onde ele, inclusive, se une ao Demolidor. E é bem nessa pegada. Muitas das histórias do Homem Aranha Ultimate giram em torno de guerras de gangue, inclusive.

Anônimo disse...

Haha, não sei quem é pior, eu por pensar isso ou vc por me apoiar lol :)

Eu fui procurar, é dos anos 80, não sei pq mas eu achava q fosse entre final dos anos 60 e começo dos anos 70. Mas é um arco curtinho, né!

Beijos
J.

Dark Marcos disse...

Sim, em comparação com as megassagas de hoje em dia é um arco até que curto. Mas meio que sintetiza o perigo que é organizações criminosas atirando para todos os lados... literalmente.