segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 116

 - The Avengers 71 (Dezembro de 1969)
> Publicada no Brasil Os Maiores Clássicos dos Vingadores nº 3, pela Editora Panini ("Fim de Jogo")


História:

* "Endgame" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por Sal Buscema, artefinalizada por Sam Grainger

O Cavaleiro Negro se sente culpado por condenar a Terra quando interferiu na batalha entre o Golias e o Tufão. Acontece que o desafio da entidade conhecida como Grão-Mestre dizia que haveria um vencedor na luta SEM INTERFERÊNCIAS. Como o Caveleiro Negro auxilou o Golias, o herói foi desclassificado.

Porém, quando o Grão-Mestre leva Golia de volta ao futuro, o vingador acaba carregando a espada Ébano, do Cavaleiro Negro, junto com ele. Como o herói inglês tem uma ligação mística com sua espada, concentrando-se ele é capaz de viajar até o ano 4000, onde os vingadores estão presos.

Enquanto isso, três vingadores são enviados para a França, só que no ano de 1941. Com a capital sendo dominada, eles acabam sendo confundidos com nazistas pelos heróis americanos da época: Os Invasores. Esse grupo de resistência é formado pelo Tocha Humana (não confundir com o do Quarteto Fantástico), Namor, o príncipe submarino e... curiosamente... pelo Capitão América, pois ele agia com os Invasores naquela época. Após uma intensa luta, os vingadores acabam derrotando os Invasores.

Na base de Kang, o vilão trai seu próprio objetivo. Como os vingadores venceram as duas batalhas. Ele ganha o poder de manipular a vida e a morte, o que poderia salvar sua amada Ravonna. Porém decide usar contra os vingadores e os fulmina. Mas, ainda resta um herói que resiste: o Cavaleiro Negro, pois Kang desejou que todos os vingadores morreram. Como o Cavaleiro Negro não é um vingador...

Com Kang derrotado, os heróis voltam a viver e agora cogitam levar o Cavaleiro Negro para suas fileiras. Ele então é aceito como um novo vingador.

A+

* Apesar do grupo ser formado por heróis que eram publicados na década de 40 (e, de fato, realmente se reuniram nos quadrinhos daquela época), aqui é a primeira vez que são chamados de Os Invasores, assim sendo conhecidos daqui pra frente. Na década de 40, onde essas reuniões anteriores ocorreram, sequer a editora se chamada Marvel ou mesmo se tinha uma idéia do que seria o Universo Marvel.

Capitão América e Namor foram reaproveitados nos anos 60, quando Stan Lee começou a formar o que seria seu universo de super-heróis. O Tocha Humana não teve a mesma sorte inicialmente. Mas foi lembrado na figura do integrante do Quarteto Fantástico de mesmo nome. São personagens distintos, sendo que o Tocha Humana dos anos 40 é um andróide com poderes flamejantes.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!

Olha aí os Invasores! Que pena que essa formação não tem a Madeline/Miss América (se bem q o Steven ainda está com a Sharon né?)

O Cap voltou no tempo e se encontrou com ele mesmo....ele não deu a si mesmo nenhum conselho? [E aposto q depois disso vai voltar àquele clima depressivo dele q só gera encrenca. Mas pensando bem o roteiro não é do Stan Lee, então talvez esse ciclo se quebre?!]E o Bucky não estava por perto? Imagina só ele poder se encontrar uma última vez com o amigo... ;_;

O QUÊ? O Kang não usou o poder para salvar a Ravonna? Argh! Cadê todo aquele amor que ele,diz, sentir por ela??????

Nada contra o CN virar um vingador, quanto mais melhor, porém TODO mundo q o Steven encontra ele CONVIDA para o clube!
Vai perder a exclusividade!!

Beijos
Jovie

Dark Marcos disse...

Na verdade, no grupo de vingadores que encontraram os Invasores, não estava o Capitão América. De certo por justamente não dar a chance do herói mudar seu futuro, como citou.

E Kang, depois dessa, poderia mudar o nome para Kangfajeste.