quinta-feira, 26 de julho de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 103

 - Captain America 110 (Fevereiro de 1969)
> Publicada no Brasil na Coleção Histórica Marvel nº 1, pela Editora Panini ("Sozinho Nunca Mais")


História:

* "No Longer Alone" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jim Steranko, artefinalizada por Joe Sinnott

Uma noite em que uma pessoa, que caminha calmamente, topa com ninguém menos que o Hulk... não poderia acabar bem. E é exatamente isso que acontece com Steve Rogers. O Hulk aparece, perseguido como sempre, e com o jovem Rick Jones tentando ajudá-lo. Esse incidente faz com que o Capitão América reencontre o gigante verde, algo que os Vingadores vinham fazendo durante meses. Mas, sozinho, o herói não é páreo para o monstro, contentando-se apenas em salvar Rick Jones de seus braços.

No apartamento do Capitão América, Jones encontra e veste o uniforme de Bucky, companheiro morto do Capitão. Novamente, o herói repreende o jovem por fazer isso, não só pela ousadia, mas por não desejar ver outro parceiro ser morto em ação. A reação de Jones, no entanto, surpreende o Capitão América. Cansado das lamúrias do herói, o jovem mostra firmeza muito próxima ao que o antigo parceiro demontrava. Seria a hora de Rick Jones finalmente assumir a identidade de Bucky?

Atendendo ao alerta dos Vingadores, a dupla improvisada investiga os esgotos e encontram vários agentes da organização terrorista conhecida como Hidra, liderados por sua líder conhecida apenas como Madame Hidra. E, apesar da dura batalha que dá a vitória aos heróis, a Madame Hidra acaba fugindo.

A+:

* Seria o estresse? O Capitão América... ou melhor... Steve Rogers volta a um hábito que o caracterizava nos anos 40: fumar seu famoso cachimbo. Um tanto politicamente incorreto em se tratando de um herói que zelava por sua saúde, mantendo atividades físicas constantes (ou isso compensava o hábito... quem sabe...)

8 comentários:

Anônimo disse...

OMG, Rick Jones voltou!

Cap, deveria ter abandonado o Rick Jones à própria sorte, se o Hulk não tinha conseguido pegar o pivete ainda...mas fazer o que né, o Cap jamais faria isso.

"No apartamento do Capitão América, Jones encontra e veste o uniforme de Bucky" Que convidado mal educado! E é a SEGUNDA vez que ele faz isso. Meu deus, se ele quer se fantasiar COMPRA numa loja, ele não precisa ficar pegando o uniforme do Bucky!

"Seria a hora de Rick Jones finalmente assumir a identidade de Bucky?" Nãoooooooooooooooo.

Uma VILÃ! Pensando bem, quantas mulheres o Cap enfrentou até agora? Só estou lembrando de homens e daquela Mulher Pantera que nunca mais apareceu.......

É claro que é o stress, com o RJ por perto não há dúvidas quanto a isso.

Beijos
Jovie

Dark Marcos disse...

Esse seu relacionamento tempestuoso com o Rick Jones já está se tornando um marco neste blog...
E, sim, uma VILÃ. No início, na década de 40, ter uma vilã (geralmente, uma espião) era algo bem... digamos... noir.
Das "mulheres más" que o herói enfrentaria na década de 60/70, Madame Hidra se tornaria a mais célebre.

Anônimo disse...

Olá!
Meu problema com o Rick Jones é o mesmo que eu tenho com a Vanessa de Gossip Girl, que eu tenho certeza você não conhece. A personagem está lá só para ATRAPALHAR todo mundo. No começo quando ela surgiu ela não era assim mas depois os roteristas passaram a usá-la para...hum, para ser aquela pessoa que estraga as coisas sem ser uma vilã declaradamente. Afinal, ela nunca faz nada por mal. Sorte que na 5ª temporada ela nem aparece!
Pensado bem, esse não é um bom exemplo já q vc não conhece a série....Vc assisti The Walking Dead? O Rick Jones e a Lori estão na mesma categoria - eu falaria mais aqui, porém não sei se vc já viu ou ainda pretende assistir e não quero te dar spoiler.

Legal isso, espero que ela mostre ao Caveira Vermelha do que um verdadeiro vilão é feito. Isso se eles não se unirem....

Beijos
J.

Dark Marcos disse...

De fato, não conheço a fundo a série Gossip Girl para assimilar o exemplo. Mas, como zumbis são a segunda categoria, depois de super-heróis, que gosto... Entendi perfeitamente a exemplificação com a Lori. Aliás, muito curioso. Lori e Rick. Notou?
Beijos.

Anônimo disse...

OMG, esses dois combinam mesmo!

Mas eu gosto do Rick de TWD!

Beijos

Dark Marcos disse...

Ricks...

Anônimo disse...

Bom, se vc gosta de heróis e zumbis vc leu Marvel Zombies? Tem algo ali q eu não entendi. Depois de mordidos e tal eles continuaram capazes de pensar? Pelos resumos q li, foi a impressão q eu tive.

É, eu tinha esquecido de MZ, mas ontem eu encontrei outra vez, então....

Beijos
J.

Dark Marcos disse...

Eu ADORO Marvel Zombies. Aliás, acho que sou uma das poucas pessoas que adora, já que, no consenso geral, o leitor não curte muito. Mas eu sou suspeito. Afinal, qualquer tosqueira (e olhe que já vi muitas) que tenham zumbi, eu curto muito, muito mesmo.

Em Marvel Zombies eles se mantém pensando sim. A diferença é que ficam mais sacanas quando estão com fome. Quando comem carne, continuam pensando de um jeito mais "heróico".