quarta-feira, 20 de junho de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 62

- Tales of Suspense 75 (Março de 1966)
> Publicada no Brasil no especial Biblioteca Histórica Marvel - Capitão America nº 1 , pela editora Panini ("30 Minutos Para Viver")


História:

* "30 Minutes to Live" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby e Dick Ayers, artefinalizada por John Tartaglione

Após derrotar os robôs Hibernantes, Steve Rogers (Capitão América) se vê novamente perdido em pensamentos saudosistas, lamentando de sua condição, sendo sustentado de favor por Tony Stark e ainda não conseguindo se adaptar a um mundo décadas a sua frente.

Para acentuar ainda mais seu sentimento de saudades, ele se depara com uma garota loira nas ruas que muito lhe lembra de um antigo amor do passado. Steve tem a chance de ficar mais perto dela, após um pequeno incidente onde um homem esbarra na garota e, na confusão, acaba fugindo com um cilindro que ela carregava. Ela, porém, parece não se importar muito, como se fosse tudo ensaiado. Ao olhar mais de perto, o herói se espanta com a incrível semelhança entre ela e a mulher de seu passado.

Mas esse encontro iria durar mais um tempo, quando um vilão francês conhecido como Batroc, o Saltador, tenta roubar outro cilindro que a moça carrega (na verdade, o verdadeiro, trocado com o agente que esbarrou nela primeiramente). Graças a intervenção do Capitão América, o vilão, um exímio mestre em luta com os pés, é impedido de seguir a garota, que desaparece em uma espécie de esconderijo secreto. Batroc, no entanto, alerta o Capitão sobre um terrível produto que pode explodir a cidade toda e que está naquele cilindro... o Inferno 42!

Continua...

A+:

* O nome do vilão Batroc é uma brincadeira com a palavra batráquio, relativa a animais como os sapos e as rãs por exemplo. Assim como esses animais, Batroc é capaz de dar saltos vigorosos, já que usa os pés para lutar. Como o vilão é francês, "batroc" seria uma forma estereotipada de se falar "batráquio", em francês.

* Batroc é mestre na arte marcial conhecida como savate, também chamada de boxe francês. Consiste em lutar utilizando os pés (com muitos pontapés), mas não dispensa o uso de socos com as mãos. Assemelha-se a tailandêsa muay thai e com capoeira brasileira.

5 comentários:

Anônimo disse...

Olá!!!

"se vê novamente perdido em pensamentos saudosistas, lamentando de sua condição" Acho que está na hora do Steven começar a fazer terapia, tristeza crônica não é bom sinal.

Nunca tinha ouvido falar de "savate", parece interessante. Vou lá pesquisar.

Beijos
Jovie

Dark Marcos disse...

Ah, mas lamuriar-se no Universo Marvel era modinha nos anos 60...

E cuidado para não sair por aí dando pontapés depois de sua pesquisa...

Anônimo disse...

As lutas de savate são legais, eu vi alguns videos, é bem dinâmico.

Merh@j disse...

Grande Marcos Dark, parceiro de Inominatas. Essas duas informações sobre o Savate e sobre a brincadeira com os batráquios foram algo inesperado! Usei a informação para deixar mais rico o post dessa história na Cronologia Lógica Marvel, e fiz questão de dar os devidos créditos!
Parabéns por essa aula, seu marvete inveterado,
Grande abraço!

Marcos Dark disse...

Compadre Merhaj,
Muito me honra as informações lhe serem úteis e, claro, com sua ilustríssima presença no blog Âmago. Aproveito para convidar os leitores a visitarem o excelente (e herculéo) trabalho de Merhaj no blog Cronologia Lógica Marvel: http://marvelcrono.blogspot.com.br/