domingo, 20 de maio de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 31

 - The Avengers 10 (Novembro de 1964)
> Publicada no Brasil no especial Biblioteca Histórica Marvel - Os Vingadores nº 1 , pela editora Panini ("Os Vingadores Se Separam")


História:

* "The Avengers Break Up" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Don Heck, artefinalizada por Dick Ayers


O treinamento dos Vingadores se baseia no simples exercício de se segurar o Capitão América. Algo que não se mostra tão simples assim, mas que, também, mostra que o herói não é tão invencível como foi mostrado em seu ingresso para o grupo. É o próprio Homem de Ferro quem prende o famoso escudo do herói, simplesmente invertendo a polaridade de seus repulsores magnéticos.

Logo depois, na reunião do grupo, o Homem de Ferro propõe que Rick Jones seja incluso no grupo. A idéia, baseada no fato de que o jovem está sendo treinado pelo Capitão América, também inclui que Jones use um uniforme colorido de super herói. O próprio Capitão é contra a idéia, uma vez que o trauma de ter perdido seu ex-parceiro, Bucky, ainda atormenta sua consciência.

O vilão Immortus, capaz de viajar pelo tempo e trazer qualquer personagem histórico (ou mitológico) para o presente, une-se aos Mestres do Terror (Barão Zemo, Encantor e Executor) e sequestra Rick Jones. Capitão, em seu encalço, é convencido por Immortus de que os Vingadores querem eliminar o jovem. Ele, então, ataca seus companheiros de grupo com mais afinco do que em seus treinamentos. Não tendo superpoderes, ataca os outros heróis usando seu incrível raciocínio tático. O Homem de Ferro, por exemplo, fica cego com um jato de pó químico de um extintor (simples assim!). A confusão é resolvida e o Capitão é convencido que estava sendo enganado.

Os Vingadores enfrentam Immortus, que traz figuras da história (real ou fictícia) para enfrentar cada um dos heróis.

No meio das batalhas, Immortus sequestra o Capitão América e o leva para a era medieval (onde Rick Jones está preso). Com isso, os Vingadores ficam divididos o suficiente para que os Mestres do Terror possam derrotá-los. O sucesso dos vilões também se dá devido a surpresa do ataque (até então, ninguém sabia que Immortus estava mancomunado com os Mestres).

Quando se imaginava que os vilões haviam vencido, o Capitão América ressurge e vira a mesa (não sozinho, é claro; ele liberta os amigos, que reagem). Não é explicado como, mas ele diz que libertou Rick Jones e derrotou Immortus. Encantor usa magia para tirar seus vilanescos colegas de grupo do local, voltando no tempo, antes do momento em que ela captou a presença de Immortus (isso teria "guiado" o vilão até o grupo) e mudando o rumo da coisas, ou seja, nada, nem a batalha com os heróis aconteceu.

Aventuras ao estilo das histórias do Tio Patinhas, onde personagens Disney encontram figuras mitológicas e históricas.

7 comentários:

Anônimo disse...

Olá!

Achei que seria fácil para o Thor segurar o Steve; coitada da Vespa ela nem tem chance nesse exercício.

Nossa o Tony não tem um pingo de sensibilidade, fantasiar o moleque e colocar ele com o Cap; será q ele NÃO enxerga os paralelos aqui??? E depois chamam ele de gênio.....

Gostei do nome do vilão :)
Na minha humilde opinião Immortus pode manter o RJ com ele.

COMO ele conseguiu convencer o Cap de uma coisa dessas? Ele não confia nas únicas pessoas q ele conhece? Nos companheiros que lutam ao lado dele, desde q acordou??? COMO ele acreditou tão rápido no VILÃO?
Como ele derrotou o Thor? Vc só comentou do Homem de Ferro.

"A confusão é resolvida e o Capitão é convencido que estava sendo enganado." Simples assim???? Vc está notando q há um problema de confiança aí?????

Isso de jogar o Cap na Idade Média me lembra uns scans q eu vi da hq do Thor - lá estava o Loki ocupando o lugar do Merlin e Thor e Steve estavam por lá também; mas eu não sei te falar de que edição era e tal, eu vi num tumblr q eu nem sei mais qual é......E não era fanzine, era oficial, coisa da hq mesmo.

Aff depois de tudo, NADA de fato aconteceu - eu odeio quando fazem isso, seja em filme, série, anime, doujinshi, o que for!

Então Immortus não aparece nunca mais? Eu gostei dele; aliás adorei o post um pouco mais longo e com mais detalhes :)

Beijos
Jovie

Dark Marcos disse...

Pois é. Tempos ingênuos... Herói idem. O Capitão foi convencido facilmente mesmo... acreditava em todo mundo, coitado... Mas isso fazia parte do roteiro simplista da época.

Anônimo disse...

Desde a década de 40 vc vem me falando a mesma coisa, que era outra época e tal; mas francamente às vezes eu fico em dúvida se é só ingenuidade ou problema no roteiro mesmo.

Vou repetir a pergunta:e o Immortus? Nunca mais aparece?
E vc sabe como o Cap derrotou o Thor? Com o Home de Ferro ele usou um extintor,como vc disse, e o Thor?

Beijos
J

Dark Marcos disse...

Mas eram tempos maravilhosos mesmo. Ingênuos, fantásticos e exagerados.

E, na históría, o Capitão fica apenas na defensiva quando se trata do Thor. Apenas ricocheteando o martelo no escudo.

Anônimo disse...

NÃO APROVE ESTE COMENTÁRIO - PODE EXCLUIR

Oh meu deus, eu escrevi "Home" de Ferro! Que vergonha!!! Dá para acrescentar o M q falta ali, ou uma vez postado não dá mais???

(EXCLUA este poste aqui)

beijos

Dark Marcos disse...

Jovie, só publiquei esse comentário (mesmo com seu pedido), não por sacanagem... mas pra você desencanar de um mero "m" comido. Já fiz coisa muuuuuito pior do que isso nesses anos em que escrevo. Acontece, querida.

De qualquer forma, você acaba de se tornar a musa dos revisores de texto.

Anônimo disse...

Aff Marcos!

Acho que aprendi minha lição LOL.

bjos