segunda-feira, 30 de abril de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 11

  Captain America Comics 38 (Maio de 1944)
> Publicada no Brasil na revista O Guri nº 37 ("O Castelo Sinistro")


História:

* "Captain America in Castle of Doom" - Desenhada por Syd Shores, artefinalizada por Vince Alascia

O FBI e o exército investigam a fuga de prisioneiros de guerra japoneses que, provavelmente, também são responsáveis pelo roubo de munições e peças de aviões, levando-os a desconfiar que estão construindo uma armada em algum ponto do Vale da Morte.

Steve Rogers e Bucky Barnes escoltam o agente do FBI até um oleoduto no Vale da Morte, onde há indícios de ação dos prisioneiros. Mas o agente é morto e a dupla investiga estranhas marcas no chão que os levam a... um castelo no meio do deserto! Agora em sua identidade de Capitão América e Bucky, os heróis são capturados e levados para o castelo (que descobrem estar na propriedade de um explorador que também foi capturado pelos japoneses). Os vilões explicam que o plano é montar os aviões com marcas americanas, podendo assim se aproximar de bases militares nos Estados Unidos e atacá-las.

O explorador revela que o castelo está em cima de sua mina de ouro e está disposto a lutar por ela. Chamando a atenção dos guardas, o trio consegue escapar e atacar seus inimigos. Com ajuda de seu amigo explorador, os heróis conseguem explodir o castelo e os aviões inimigos, prometendo manter o segredo da mina de ouro.

A+ :

* O Vale da Morte, nos Estados Unidos, situa-se no estado da Califórnia e é um dos locais que atingiram a maior temperatura climática do planeta, alcançando 56 graus.

 * Não basta ser desenhista do Capitão América. Tem que participar... da guerra! Syd Shores iniciou sua carreira como desenhista sendo uma espécie de apadrinhado de duas lendas dos quadrinhos: Jack Kirby e Joe Simon (entre outros feitos, os criadores do Capitão). Foi tão compentente que, quando a dupla deixou a revista do herói, os substituiu e se tornou um dos principais desenhistas a trabalhar com o heróis.

Shores viu seus colegas partirem para servir a pátria no front, em plena Segunda Guerra mundial. Mas sua vez também chegou e ele foi convocado. Serviu no mesmo regimento do quase mitológico general George S. Patton. Foi ferido durante a Guerra, chegando a receber o Coração Púrpura (condecoração especial a soldados gravemente feridos em guerra).

Sobrevivendo aos campos de batalha, Syd Shores voltou a desenhar para a mesma editora que publicava o Capitão América, mesmo quando essa passou a ser conhecida por seus novos personagens, no que viria a se chamar Universo Marvel, na década de 60. Continuou desenhando e finalizando até seus últimos dias, vindo a falecer por problemas cardíacos em 1973.

Nenhum comentário: