domingo, 25 de março de 2012

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 650

 - Adventure Comics 1 (Outubro de 2009)
> Publicada no Brasil na revista Universo DC nº 5, pela editora Panini


História:

* "Long Live The Legion - Part One" - Escrita por Geoff Johns, desenhada por Clayton Henry, arte finalizada por Brian Reber

Ástron continua no século XXI, com seu estado mental cada vez se deteriorando mais. Ingenuamente, o legionário capaz de controlar a densidade conversa com pombos, quase destrói uma pista de boliche em Smallville e recebe a ajuda do legionário telepata Tellus. Recobrando momentaneamente sua concentração, desespera-se em ser ajudado antes que sua mente se deteriore mais.

A+:

* A Legião dos Super-Heróis surgiu na revista Adventure Comics 247, em 1958, dividindo uma aventura com o Superboy. Devido ao sucesso dessa momentânea aparição, os personagens continuaram a aparecer e até mesmo ganharam aventuras próprias. Com isso, dividiam espaço com o garoto de aço na mesma Adventure Comics, onde surgiram.

Em 2009, os legionários literalmente voltaram às origens. A revista Adventure Comics foi relançada, apresentando como atração principal o Superboy (que não é o mesmo Clark Kent de anteriormente) e uma pequena história (com meia dúzia de páginas) com a Legião.

* A revista Adventure Comics surgiu em dezembro de 1935 com o nome de New Comics. A partir do número 12, em janeiro de 1937, passou a se chamar New Adventure Comics. Em novembro de 1938, no número 32, passa a se chamar Adventure Comics, continuando assim até setembro de 1983, encerrando-se com a edição de número 503. Em suas últimas edições, eram publicadas apenas republicações de histórias passadas.

Apesar da retomada do título sob o número 1, em 2009, a capa da edição informa que essa pode ser considerada a edição de número 504, dando continuidade ao antigo título.

Em 1999, houve um especial chamado também de Adventure Comics, trazendo histórias da Sociedade da Justiça.

* O título dessa micro saga, "Long Live The Legion", é o grito de guerra da Legião: "Longa Vida à Legião".

* Enquanto conversa com os pombos, Ástron convida um deles para se tornar um legionário, lhe dando o nome de Garoto Pássaro. No início, os nomes dos legionários sempre tinham algo de Lad, Boy ou Girl (Rapaz-alguma coisa, Garoto-alguma coisa ou Garota-alguma coisa). Mesmo depois dos personagens se tornarem adultos, citar isso se tornou uma brincadeira recorrente entre seus integrantes.

2 comentários:

Cecília disse...

Depois das Crise final ainda houve essa micro saga? Não entendi!

Dark Marcos disse...

Na verdade, Cecília, essa micro saga pode ser considerada uma forma de recolocar a Legião no mercado.
Sem um título próprio, os editores não deixaram que os personagens caíssem no esquecimento e deram a chance de dividirem espaço com o Superboy em Adventure Comics.
Com o tempo, Superboy se popularizou o suficiente para sustentar sua própria revista, deixando Adventure exclusiva dos legionários.
Ironicamente, foi exatamente dessa forma que aconteceu na década de 60 com os personagens, no mesmo título Adventure Comics, porém com outro Superboy.