quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 619

 - Action Comics 859 (Janeiro de 2008)

História:

* "Illegal Aliens" - Escrita por Geoff Johns, desenhada por Gary Frank, arte finalizada por JOn Sibal
> Publicada no Brasil na revista Superman nº 74, pela editora Panini


Superman e a Legião dos Super-Heróis - Segunda parte
Superman fica a par dos últimos acontecimentos na Terra, no futuro. O planeta se tornou uma colônia xenofóbica, não tolerando nenhuma espécie de alienígena e rompendo com os Planetas Unidos, justamente por isso. Legionários de outros planetas são capturados e os poucos naturais do planeta Terra são perseguidos como traidores. Há enormes campos de concentração para alienígenas que são perseguidos.

A força heróica do planeta é formada pela Liga da Justiça. Mas não se trata da mesma Liga do passado do herói. Aqui, o grupo é formado por rejeitados pelas seleções da Legião e liderados por Terráqueo, que é capaz de absorver poderes dos heróis.

Até mesmo nas escolas, a história do Superman, um modelo de inspiração para todos, é alterada para os novos tempos. Agora ele não é visto mais como uma alienígena vindo do planeta Krypton (algo que é apontado como mentira dos legionários). Em sua nova origem, é mostrado que ele é originário da Terra e aqui adquiriu seus poderes, sendo enganado pelos legionários. Quem descobriu a "verdade" foi justamente Terráqueo, líder da nova e violenta Liga da Justiça.

Continua...

A+:

* Quando Relâmpago, Cósmico e Satúrnia chegam a uma caverna onde mil anos atrás foi a Batcaverna, base de operações de Batman, encontram vários objetos de uso do herói, bem como sua famosa sala dos troféus, onde guarda alguns itens de suas inúmeras aventuras (alguns deles gigantescos). Em um dos cantos é possível ver uma armadura negra em forma de morcego. Essa armadura foi vista na minissérie O Reino do Amanhã, escrita por Mark Waid e desenhada por Alex Ross, onde é mostrado o futuro dos heróis da DC Comics e uma geração de novos heróis pouco se importa com as consequências de seus combates. Nesse futuro, tido até então como alternativo, um envelhecido Bruce Wayne utilizava uma armadura negra como exoesqueleto para dar-lhe mais mobilidade e resistência, perdidos com o tempo.

* Os legionários revelam a Superman que ele teve que deixar as aventuras no futuro devido a uma exploração solar fracassada, que tornou o Sol Vermelho, deixando-o vulnerável (o herói recarrega seus poderes do Sol amarelo). Essa mesma situação foi mostrada décadas atrás, quando o Superboy teve que ser proibido de voltar ao futuro devido a uma nuvem de kryptonita que cobriu a Terra.

* Na escola onde é mostrada a vida do Superman, uma holografia mostra o herói em posição de vôo exatamente como o personagem foi visto em sua primeira revista própria, Superman nº 1, em junho de 1939.

* O Centro de cultura Humana, que também serve de base para a Liga da Justiça, é uma espécie de satélite, cujo miolo tem a forma de um diamante, exatamente como o requadro que cobre o "S" no peito do Superman. Tal formato também é visto nas tubos de conteção que servem de prisão para os legionários capturados.

* O centro do campo de concentração de alienígenas é pontuado por uma enorme construção em forma de cauda de foguete. É como se um foguete tivesse mergulhado de "bico" no solo. Essa mesma contrução, nesse mesmo formato, era uma das marcas registradas da Legião dos Super-Heróis, uma vez que serviu de base para o grupo.

Nenhum comentário: