segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 607

 
- Justice League of America 9 (Julho de 2007)

História:

* "Suicídio" - Escrita por Brad Meltzer, desenhada por Ed Benes
> Publicada no Brasil na revista Liga da Justiça nº 67, pela editora Panini


Terceira parte da Saga do Relâmpago.

A Liga e a Sociedade da Justiça continuam a sua busca por outros membros da Legião, seguindo os sinais de seus anéis de vôo.

Na Cidade Gorila, reino africano dominado por gorilas inteligentes e avançados tecnologicamente, o primeiro grupo de heróis encontra Lobo Cinzento, que havia se adaptado aos pacíficos gorilas e as suas corridas. Ao dizer a senha do anel, o legionários recupera sua memória e pede para que seja levado até seus colegas.

No planeta Thanagar, onde existe o povo alado assim como o justiceiro Gavião Negro, o segundo grupo tem certa dificuldade em encontrar mas logo avistam Vésper, a legionária igualmente alada (diferente dos thanagarianos, porém, as asas de Vésper são naturais).

Na base da Liga da Justiça, Senhor Incrível estuda uma espécie de cinto de utilidades (muito parecido com o que Batman usa) que estava junto a Pulsar. No entanto, não encontra nada anormal. Muito pelo contrário. Para um objeto vindo de mil anos no futuro, não passa de um cinto feito de alumínio e cobre.

Os legionários reunidos pedem privacidade e isolam os outros heróis (como temiam). Secretamente (desligando todo o áudio e vídeo da sala onde se encontram), revelam que o cinto realmente é uma peça de alumínio e cobre... pois trata-se de um pára-raios capaz de salvar alguém, sua real missão nessa época. E mais um mistério: Sonhadora lembra que previu que um dos legionários irá morrer mas, devido a viagem temporal, esqueceu-se do detalhe de quem será.

Em outro lugar, o cérebro de uma mulher é retirado de seu corpo e agora pertence para reviver um antigo vilão: o Ultra-Humanóide, acompanhado pelos igualmente vilanescos Per Degaton e Despero. A reaparição do Ultra-Humanóide em seu corpo de gorila albino coincide com o nascimento de um bebê gorila, também albino, na Cidade Gorila. Isso traz desconfiança, mais ao leitor do que aos heróis, da missão da Legião nessa época.

A+:
* A varinha que serve de pára-raios é uma velha conhecida dos fãs da Legião de longa data. Tudo, conforme o nome da saga, roda em torno do legionário Relâmpago. Esse pára-raios, por exemplo, serviu para ressucitá-lo décadas atrás, em uma ocasião onde se criou o suspense de que um dos seus colegas morreria no processo.

Nenhum comentário: