quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 584

 - Legion of Super-Heroes 14 (Março de 2006)

História:

* "(sem título)" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Ken Lashley, artefinalizada por Adam DeKraker e Rodney Ramos

A Legião dos Super-Heróis é nomeada pelo governo dos Planetas Unidos como um grupo oficial, com os mesmos direitos de ação que a Polícia Científica. De início o grupo vê a oportunidade como uma espécie de armadilha, onde poderão ser controlados. Porém, uma das regalias que terão nessa nova fase é o investimento que lhes dará a chance de se reerguerem financeiramente, uma vez que o reino da Princesa Projectra (antiga financiadora do grupo) foi destruído.

Enquanto a base destruída não é levantada, os legionários estão locados no gigantesco apartamento de Colossal. Gigantesco literalmente, uma vez que é feito sob medida para o herói que aumenta de tamanho... (ou diminui de tamanho, já que ele diz que seu tamanho normal é na forma de gigante).

Uma multidão de candidatos decide prestar homenagem a Sonhadora, morta durante a batalha contra Elyision. No entanto, um tumulto é causado por um dos candidatos, com poder de repelir qualquer rajada direcionada a ele. Apelidado de Reflecto, o jovem diz-se revoltado por sua amada Sonhadora não ter sido salva pelo grupo. No entanto, ao contrário do que se imaginava, ele não tinha um relacionamento com ela. Seu surto se deve apenas a frustração diante de fantasias que mantinha em relação a legionária.

Na confusão causada por Reflecto, o Polícia Científica decide agir duramente contra a multidão em pânico. Para livrá-los dos policiais, Relâmpago decide mostrar a documentação que dá poderes oficiais a Legião, aceitando assim a oferta governamental.

A+:

* Reflecto era o nome de um antigo personagem criado para ser legionário, não fosse baseado em uma mentira. Originalmente, o personagem era o disfarce de Superboy, que acabou desmemoriado e acreditando na própria mentira, para voltar a fazer parte da Legião. A reformulação aqui mostrada não está ligada diretamente a trazer esse personagem de volta, mas na mentira... fator que também alimenta a fantasia que, aqui, o jovem demonstra ao imaginar-se como amante de Sonhadora.

Nenhum comentário: